2015/09/30

De Resumo executivo até Sistema Internacional de Classificação Uniforme | Glossário da inovação



Resumo executivo [SENAI SESI] É a informação clara e resumida que descreve a proposta do projeto, contemplando objetivo, caracterização da demanda, principais etapas do desenvolvimento, estratégias de mercado, benefícios e resultados esperados.

Revisão Inter Pares [NET BIC Porto] Processo de avaliação de uma aplicação ou projecto que é realizado por uma pessoa ou grupo de pessoas especialistas no campo de trabalho que se avalia, os objectivos deste processo são: determinar a qualidade de trabalho, estabelecer possíveis melhorias, etc. Sinônimo: Avaliação entre colegas, valorização entre colegas.

Revista Indexada [NET BIC Porto] Aquela que supera de forma exaustiva uma avaliação científica e editorial de forma que um índice bibliográfico decida incluir todos os seus artigos em bases de dados que se incorporam nos seus motores de busca.

Revitalização da marca [NET BIC Porto] Estratégia empregada quando uma marca alcançou a maturidade e os lucros começam a declina; abordagens para revitalização podem incluir expansão de mercado, modificação de produto ou reposicionamento de marca.

Roadmap tecnológico [ANPEI] Técnica que conjuga prospecção das expectativas e tendências do mercado-indústria e busca traçar em quais soluções (produtos e/ou serviços) e respectivas tecnologias a empresa deve investir e/ou desenvolver para melhorar seu posicionamento competitivo. Dão orientação, foco e priorização a programas de desenvolvimento. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Saber Fazer [NET BIC Porto] Conhecimento técnico ou organizativo baseado na experiência, com elevado valor comercial, sobre como realizar uma determinada actividade. Quando se obtém um processo de investigação e desenvolvimento de elevado custo, deve estar protegido pelo direito da propriedade industrial. Sinônimo: Know-how.

Secreto [NET BIC Porto] Toda a informação secreta e confidencial, de carácter industrial ou comercial, que é conhecida por um número limitado de pessoas permitindo uma vantagem competitiva perante aqueles que não a possuem. NOTA: O término na língua inglesa Trade Secret, engloba tanto o segredo industrial como o comercial.

Seed capital ou capital semente [ANPEI] Disponibilização de capital para desenvolvimento de uma ideia ou conceito até o momento em que sua viabilidade possa ser avaliada. Investimento feito na fase inicial do novo negócio, em que muitas vezes ainda é uma ideia. Por ser ainda inicial, oferece maior risco e também maior retorno quando concretizada. Fontes: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE e Revista Exame.

Segmentação de Mercado [NET BIC Porto] Procedimento baseado na suposição de que no mercado global existem grupos de possíveis compradores de produtos e serviços que apresentam características semelhantes pelos seus hábitos de consumo e integram as diversas categorias de consumidores ou segmentos de mercado.

Segmento de Mercado [NET BIC Porto] Categoria de consumidores caracterizada e identificada com precisão, com necessidades similares, que irão responder favoravelmente perante um Marketing Mix (produto, preço, distribuição e promoção).

Segredo industrial [ANPEI] Informação de natureza confidencial, legalmente sob controle de pessoas e organizações, que não deve ser divulgada, adquirida ou usada por terceiros não autorizados sem o consentimento de seu detentor. Fonte: Proteção da Criatividade e Inovação - Guia para Jornalistas, INPI e CNI.

Servidor de Correio [NET BIC Porto] Estação especializada na gestão do tráfico do correio electrónico.

Servidor [NET BIC Porto] Numa rede, estação de dados que proporciona recursos ou serviços a outras estações e acedem a elas utilizando uma rede de conexão telefónica.

Sintetização Selectiva por Lazer [NET BIC Porto] Tecnologia de prototipagem rápida utilizando um processo de fundição entre si de partículas em pó graças ao calor de um feixe de laser.

Sistema de inovação [ANPEI] Rede interativa de instituições dos setores público e privado que gera, adota, importa, modifica e difunde novas tecnologias. Esse sistema pode ser nacional, regional ou local. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae.

Sistema Internacional de Classificação Uniforme [NET BIC Porto] Método homogeneizador de ordenação dos sistemas de educação a nível internacional, que tem como objectivo facilitar a realização e comparação de estatísticas internacionais, desenhado pela UNESCO nos anos setenta. Sinônimo: ISCED, CINE.



Referências




2015/09/29

De Qualidade total até Ressurreição de marca | Glossário da inovação



Qualidade total [NET BIC Porto] Conceito de gestão empresarial que situa como primeiro objectivo da mesma, a qualidade do bem ou serviço oferecido e a satisfação do cliente. Os programas de qualidade total requerem a extensão da responsabilidade da qualidade a toda a organização, a colaboração de todo o pessoal na melhoria da qualidade do produto e uma mudança radical da cultural empresarial, liderada pelo seu mais alto executivo.

Questionário [NET BIC Porto] Instrumento importante do estudo de mercado, utilizado na recolha de amostras. Este método consiste em entregar aos inquiridos uma lista de perguntas, às quais deverão responder por escrito. Um questionário tem três objectivos principais: recolher dados relevantes, comparar os dados e reduzir tendenciossidade nas perguntas e na anotação das respostas. As perguntas devem estar redigidas de modo variado e interessante para que os inquiridos respondam.

Rapid Tooling [NET BIC Porto] Técnica que permite obter moldes e outras ferramentas protótipo utilizando um sistema de prototipagem rápida, directa ou indirectamente em algumas das suas fases, com o objectivo de obter uma pequena série de peças prototipadas. Sinônimo: Fabricação rápida de moldes., prototipagem rápida de moldes.

Recurso não reembolsável [ANPEI] Apoio financeiro, com recursos não reembolsáveis (que não precisam ser devolvidos), concedido a instituições científicas e tecnológicas para realização de projetos de pesquisa científica ou tecnológica ou de inovação, em conjunto com empresas.

Recurso reembolsável [ANPEI] Crédito concedido a instituições que demonstrem capacidade de pagamento e condições para desenvolver projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (P,D&I). Os prazos de carência e amortização são calculados em função da combinação entre os prazos de execução dos projetos, sua geração de caixa e a capacidade de pagamento da empresa.

Recursos econômicos [SENAI SESI] São os valores correspondentes às horas-máquina e homens- -hora alocados no projeto por parte do Departamento Regional e da empresa parceira.

Recursos financeiros [SENAI SESI] São os valores correspondentes à aquisição de máquinas/ equipamentos, materiais de consumo, matérias-primas e despesas com viagens alocados no projeto.

Recursos humanos [SENAI SESI] São profissionais alocados no projeto considerando quantidade, perfil, competências e cronograma de alocação para execução das atividades planejadas.

Rede de Área Local [NET BIC Porto] Rede de computadores e terminais informáticos de curto alcance, geralmente utilizada só por uma organização, a qual permite aos utilizados repartir informação, recursos e serviços no disco duro, impressoras, CD-ROM, correio electrónico, etc. Sinônimo: Rede local, LAN, RAL.

Rede de Regiões Inovadoras da Europa [NET BIC Porto] Plataforma de colaboração e intercâmbio de experiências no campo da Inovação criada pela Comissão Europeia em 1994. Está aberta a todas as regiões da EU, Europa Central e Europa do Este que demonstrem interesse em promover a inovação incluindo a inovação nas suas políticas regionais.

Rede Local [NET BIC Porto] Rede de computadores e terminais informáticos de curto alcance, geralmente utilizada só por uma organização, a qual permite aos utilizados repartir informação, recursos e serviços no disco duro, impressoras, CD-ROM, correio electrónico, etc. Sinônimo: Rede local, LAN, RAL.

Redes de colaboração [ANPEI] Estruturas sociais que se formam devido a relações de confiança, com objetivos comuns. Há redes de amizade, de colaboração, de especialistas, entre outras. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Redes de inovação [ANPEI] Organização das relações heterogêneas entre agentes de produção de conhecimentos e aqueles que buscam estabelecer vantagens competitivas no mercado. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Reengenharia de Processos Empresariais Análise e redesenho dos processos de uma empresa cujo objectivo é introduzir mudanças na organização que permitam melhorar os resultados empresariais.

Reengenharia [NET BIC Porto] Análise dos procedimentos organizativos de uma empresa cujo objectivo é introduzir mudanças significativas que permitam melhorar os parâmetros e indicadores que meçam os resultados empresariais (custos, qualidade, serviços, etc.).

Relatório Técnico [NET BIC Porto] Documento elaborado pelos organismos europeus de normalização, que carece de valor normativo mas sim informativo.

Ressurreição de marca [NET BIC Porto] A ressurreição de uma marca que está sendo adquirida ou que foi previamente eliminada; ressurreição de marca, quando o nome ainda é forte, é frequentemente uma estratégia menos custosa do que a criação de uma nova marca e pode prover a firma com uma vantagem significativa em um mercado maduro.



Referências




2015/09/28

De Protecção de Desenhos Industriais até Protótipo | Glossário da inovação



Protecção de Desenhos Industriais [NET BIC Porto] Outorga o direito exclusivo sobre a forma nova ou original de um artigo que pode servir de protótipo para a fabricação ou ornamentação de um produto. Para tal concedem-se: modelos industriais, desenhos industriais.

Protecção de Invenções [NET BIC Porto] Outorga o direito de explorar em exclusivo a invenção durante um determinado período. Para tal concedem-se: Patentes e Modelos de Utilidade.

Protecção de Marcas Comerciais [NET BIC Porto] Outorga o direito exclusivo à utilização de uma determinada marca identificativa. Para tal concedem-se: marcas, nomes comerciais.

Protocolo da Internet [NET BIC Porto] Linguagem de comunicação básica da Internet que serve para realizar a transferência de dados entre os computadores de diferentes redes. Estabelece os procedimentos e regras que definem a transmissão de dados: fragmentação, rateio, etc.

Protocolo de Acesso Sem Fios [NET BIC Porto] Tecnologia standard que substitui o uso de cabos nos aparelhos eléctricos como computadores, impressoras, telemóveis, etc. por uma conexão de ondas de rádio de baixa potência e permite ter acesso no momento e interactuar com informação e serviços especializados como a web. Sinônimo: Protocolo de Aplicação Sem Fios, wireless

Protocolo de Aplicação Sem Fios [NET BIC Porto] Tecnologia standard que substitui o uso de cabos nos aparelhos eléctricos como computadores, impressoras, telemóveis, etc. por uma conexão de ondas de rádio de baixa potencia e permite ter acesso no momento e interactuar com informação e serviços especializados como a web.

Prototipagem de Alta Fidelida [NET BIC Porto] Prototipagem cujos protótipos são quase idênticos ao produto final.

Prototipagem de Baixa Fidelidade [NET BIC Porto] Prototipagem cujos protótipos não representam o aspecto do produto final, contudo recolhe as características, dimensões e outros aspectos do produto final.

Prototipagem do Mago de OZ [NET BIC Porto] Técnica de prototipagem em que o utilizador interactua com o computador sem saber que, na realidade, as respostas são proporcionadas por uma pessoa oculta (“O Mago”) ou por uma pessoa com a ajuda de outro computado. Utiliza-se esta técnica para determinar as formulações nos motores de busca automática, para e4stabelecer interferências no processamento da linguagem natural, etc.

Prototipagem Evolutiva [NET BIC Porto] Na criação de software, é a produção de uma parte da implementação onde se incorpora as outras partes de forma gradual e conforme a aprendizagem da parta já implementada. Sinônimo: Prototipagem reutilizável.

Prototipagem Funcional [NET BIC Porto] Prototipagem que é operativa no sentido estrito, isto é, responde as entradas que proporciona ao utilizador em tempo real e executa algumas das operações que lhe pedem.

Prototipagem Horizontal [NET BIC Porto] Prototipagem que é operativa no sentido estrito, isto é, responde as entradas que proporciona ao utilizador em tempo real e executa algumas das operações que lhe pedem.

Prototipagem Incremental [NET BIC Porto] Prototipagem cujos protótipos têm grande parte das características do produto mas carecem de uma ampla funcionalidade.

Prototipagem Modular [NET BIC Porto] Prototipagem cujos protótipos geram-se acrescentando novos elementos sobre o protótipo a medida que o ciclo do desenho progride. Sinônimo: Prototipagem Incremental.

Prototipagem por Vídeo [NET BIC Porto] Técnica utilizada na criação de software, permitindo visualizar o comportamento interactivo de um sistema, ou seja, a funcionalidade de um interface, utilizando animação com vídeo.

Prototipagem Rápida [NET BIC Porto] Conjunto de tecnologias que permitem a geração de um modelo físico a partir de um modelo geométrico tridimensional feito em computador (cad). As informações do modelo computacional são utilizadas para gerar o sólido, camada por camada, usando liquido, pó ou laminas de algum material. Existem diversos processos ou métodos de prototipagem rápida, desenvolvidos a partir de técnicas distintas de criação de protótipos, como por exemplo: sl ou sla, sls, 3dp, lom, fdm, tdp, etc

Prototipagem Rápida de Moldes [NET BIC Porto] Técnica que permite obter moldes e outras ferramentas protótipo utilizando um sistema de prototipagem rápida, directa ou indirectamente em algumas das suas fases, com o objectivo de obter uma pequena série de peças prototipadas. Sinônimo: Fabricação rápida de moldes, Rapid Tooling.

Prototipagem Reutilizável [NET BIC Porto] Na criação de software, é a produção de uma parte da implementação onde se incorpora as outras partes de forma gradual e conforme a aprendizagem da parta já implementada. Sinônimo: Prototipagem Evolutiva.

Prototipagem Vertical [NET BIC Porto] Aquela cujos protótipos apresentam a mesma funcionalidade que o produto final, mas para uma parte do conjunto do produto.

Protótipo [ANPEI] Modelo original básico representativo de invenção ou criação nova, feito em escala, e que apresenta todas as características essenciais do produto final desejado. É usado em testes físicos. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Protótipo [NET BIC Porto] Realização física de um produto, que possui todas as características técnicas e de funcionalidade, cuja função é comprovar e ensaiar a funcionalidade e estabelecer a sua viabilidade económica e física.



Referências




2015/09/25

De Pré-Série até Prospectiva Tecnológica | Glossário da inovação



Pré-Série [NET BIC Porto] Produção das primeiras unidades de um novo produto para comprovar a configuração correcta dos seus componentes, a sua versatilidade e acabamento.

Previsão Tecnológica [NET BIC Porto] Previsão probabilística das características, dos procedimentos e desenvolvimentos tecnológicos futuros.

Privaty equity [ANPEI] Private equity é um tipo de atividade financeira realizada por instituições que investem essencialmente em empresas que ainda não são listadas em bolsa de valores, com o objetivo de alavancar seu desenvolvimento. Esses investimentos são realizados via Fundos de Private Equity. São foco desses investidores empresas já consolidadas e com faturamento expressivo.

Processo Stage-Gate [NET BIC Porto] Processo que apresenta um desenvolvimento em etapas ou actividades sucessivas (stages) separadas por pontos de decisão (gates). Utiliza-se no lançamento de novos produtos, desde o projecto ou ideia de produto/serviço até ao seu lançamento.

Produção Ajustada [NET BIC Porto] Sistema de produção cujo objectivo é eliminar as actividades desnecessárias que não trazem valor acrescentado, ajustando a produção de cada departamento ou secção da empresa às necessidades concretas do departamento seguinte. Evita-se qualquer operação sem valor acrescentado. Sinônimo: Produção ligeira, lean production.

Processo [NET BIC Porto] Conjunto de tarefas sucessivas, relacionadas entre si, que convertem os elementos de entrada em elementos de saída.

Produção Ligeira [NET BIC Porto] Sistema de produção cujo objectivo é eliminar as actividades desnecessárias que não acarretam valor acrescentado, ajustando a produção de cada departamento ou secção da empresa as necessidades concretas do departamento seguinte. Evita-se qualquer operação sem valor acrescentado. Sinônimo: Produção ligeira, lean production.

Produtividade [NET BIC Porto] Relação que divide a produção de bens e serviços entre os recursos disponíveis. O resultado é a produção alcançada por unidade de recursos (trabalho, energia, tempo, etc.).

Produto [SENAI SESI] Caracteriza o resultado parcial ou final do projeto.

Programa [NET BIC Porto] No contexto da União Europeia é um conjunto de vários projectos, agrupados por aspectos comuns de carácter temático, organizativo ou regional, com grandes objectivos. Descreve as actividades necessárias para levar a cabo os projectos, a atribuição de recursos e a duração prevista.

Projecto [NET BIC Porto] Conjunto de actividades intelectuais, experimentais e interdependentes cujo objectivo é melhorar o conhecimento de uma disciplina. Segue pautas metodológicas predefinidas nas que estabelece os possíveis resultados a obter, a disponibilidade de recursos materiais, humanos e temporais.

Projecto de Investigação [NET BIC Porto] Conjunto de actividades intelectuais, experimentais e interdependentes cujo objectivo é melhorar o conhecimento de uma disciplina. Segue pautas metodológicas predefinidas nas que estabelece os possíveis resultados a obter, a disponibilidade de recursos materiais, humanos e temporais.

Projetos comuns [SENAI SESI] É a articulação entre o SENAI e o SESI, durante a implantação do projeto, para o desenvolvimento de uma inovação que tenha ao mesmo tempo impactos tecnológicos e sociais.

Propriedade intelectual (PI) [ANPEI] Área do Direito que, por meio de leis, garante a inventores ou responsáveis por qualquer produção do intelecto - nos domínios industrial, científico, literário ou artístico - o direito de obter, por um determinado período de tempo e de forma exclusiva, recompensa pela própria criação. Segundo a Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI), a PI está dividida em duas categorias: (1) Propriedade Industrial (patentes/invenções, marcas, desenho industrial, indicação geográfica e proteção de cultivares); (2) Direitos Autorais (trabalhos literários e artísticos, e cultura imaterial como romances, poemas, peças, filmes, música, desenhos, símbolos, imagens, esculturas, programas de computador, internet, entre outros.) Fonte: Associação Paulista de Propriedade Intelectual.

Propriedade Intelectual [NET BIC Porto] Engloba a propriedade industrial (patentes industriais, marcas registadas, desenhos industriais e denominadores de origem), bem como os direitos de autor e afins (arte, música, literatura, emissões de TV e rádio, base de dados, software, etc.).

Prospecção tecnológica [ANPEI] Pesquisa sobre as tendências da tecnologia nos vários setores industriais. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Prospectiva Tecnológica [NET BIC Porto] Ferramenta estratégica que se utiliza parar observar o futuro da ciência e tecnologia, identificar as oportunidades que oferecem as tecnologias emergentes e antecipar os seus efeitos negativos. O objectivo é criar uma visão consensual sobre as tendências de evolução futura da tecnologia, que facilite a tomada de decisões sobre as líneas prioritárias de I+D a longo prazo. Os poderes públicos utilizam esta ferramenta para apoiar a definição das suas políticas e as empresas para facilitar a tomada de decisões estratégicas.



Referências




2015/09/24

De Pesquisa aplicada até Pré-Incubadora | Glossário da inovação



Pesquisa aplicada [ANPEI] A pesquisa aplicada consiste igualmente em trabalhos originais empreendidos com a finalidade de adquirir conhecimentos novos. Ela é dirigida principalmente a um objetivo ou um determinado propósito prático. Fonte: Manual Frascati.

Pesquisa básica [ANPEI] Consiste em trabalhos experimentais ou teóricos desenvolvidos principalmente com a finalidade de adquirir novos conhecimentos sobre os fundamentos de fenômenos e fatos observáveis, sem considerar uma aplicação ou uso particular. É dividida em pesquisa básica pura e pesquisa básica orientada. Fonte: Manual Frascati.

Pesquisa básica orientada [ANPEI] Pesquisa realizada com a expectativa de que conduzirá à criação de uma ampla base de conhecimento que permita resolver os problemas e perceber as oportunidades que se apresentam atualmente ou possam vir a se apresentar em uma data posterior. Fonte: Manual Frascati.

Pesquisa básica pura [ANPEI] É executada para avançar os conhecimentos, sem intenção de colher os benefícios econômicos ou sociais no longo prazo e sem esforços para aplicar os resultados desta pesquisa em problemas práticos, ou transferi-los para setores responsáveis de sua aplicação. Fonte: Manual Frascati.

Pesquisa e desenvolvimento [ANPEI] O trabalho criativo empregado de forma sistemática, com o objetivo de aumentar o volume de conhecimentos, abrangendo o conhecimento do homem, da cultura e da sociedade, bem como a utilização desses conhecimentos para novas aplicações. Abrange três atividades: a pesquisa básica, a pesquisa aplicada e o desenvolvimento experimental. Fonte: Manual Frascati.

Pessoal de I+D [NET BIC Porto] Recursos Humanos dedicados de forma directa a actividades de investigação e desenvolvimento. Inclui o pessoal científico e técnico, pessoas que prestam serviços relacionados com as actividades de I+D (directores, administradores, pessoal auxiliar da oficina) e a equivalência em jornada completa (EJC) dos serviços de consultadoria externa.

Plano de Empresas [NET BIC Porto] Documento escrito onde é realizada uma descrição pormenorizada de todos os aspectos que podem estimular uma actividade empresarial: identificação e descrição da oportunidade do negócio, estudo da viabilidade técnica e financeira, potencial mercado, análise do consumidor, quota do mercado prevista, necessidades de financiamento, etc. É uma ferramenta essencial na fase inicial de qualquer projecto empresarial. Sinônimo: plano de negócio.

Plano de Negócio [NET BIC Porto] Documento escrito onde é realizada uma descrição pormenorizada de todos os aspectos que podem estimular uma actividade empresarial: identificação e descrição da oportunidade do negócio, estudo da viabilidade técnica e financeira, potencial mercado, análise do consumidor, quota do mercado prevista, necessidades de financiamento, etc. É uma ferramenta essencial na fase inicial de qualquer projecto empresarial.

Plano de trabalho de bolsistas [SENAI SESI] É a descrição das atividades a serem realizadas pelo bolsista no projeto.

Plano [NET BIC Porto] Conjunto detalhado e sistematizado de programas com um objectivo elaborado antecipadamente para dirigir e orientar uma actuação pública ou privada.

Planta Piloto [NET BIC Porto] Planta construída à escala que permite identificar e resolver problemas antes de construir a planta real.

PME – Pequenas e Médias Empresas [NET BIC Porto] Empresa ou conjunto de empresas, que segundo a Comissão Europeia, têm um número de trabalhadores inferior a 250, um volume de negócios anual igual ou inferior a 50 milhões euros, um balanço total igual ou inferior a 43 milhões de euros e que cumpra o critério de independência, isto é, o capital não pertença em mais de 25% a outra sociedade.

Polo tecnológico [ANPEI] Área de concentração industrial resultante da interação de um conjunto de empresas com centros de excelência localizados em universidades de alto nível. Se caracteriza pelo intercâmbio de informações, a troca de experiências, os serviços que facilitam a utilização de recursos humanos de qualidade, a contratação de projetos tecnológicos, o acesso a centros de pesquisa, bibliotecas, serviços de documentação especializada. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Pós incubação [ANPEI] Estágio em que a empresa se instala fora do ambiente físico da incubadora. Nessa fase, a empresa pode estabelecer parceria com a incubadora como empresa associada. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Potencial de replicabilidade [SENAI SESI] É a capacidade de difusão, adaptabilidade ou adoção de um produto ou serviço social em uma escala abrangente.

Predição Tecnológica [NET BIC Porto] Aquela que estabelece as probabilidades de produzir uma variação tecnológica ou uma inovação num determinado período de tempo, com os recursos específicos.

Pré-Incubadora [NET BIC Porto] Infra-Estrutura de alojamento de projectos de empreendedores que ainda não constituíram empresa por se encontrarem na fase prévia de identificação de ideias básicas que possam ser comercializadas. Durante o período em que o projecto se encontra na pré–incubadora, os empreendedores recebem formação e orientação personalizada sobre os seguintes aspectos: análise do mercado, gestão empresarial, marketing, criação de empresas, etc.



Referências




2015/09/23

De Organismo Público de Investigação – OPI até Pensamento Lean | Glossário da inovação



Organismo Público de Investigação/OPI [NET BIC Porto] Organismo especializado no campo do saber, financia-se com fundos públicos, cria e aplica o conhecimento, mas não o distribui. Faz parte do sistema público de investigação e desenvolvimento. (No plural: Organismos públicos de investigação).

Organização [NET BIC Porto] Estrutura que coordena as relações existentes entre os indivíduos e os recursos de um organismo, para alcançar os seus objectivos maximizando o aproveitamento dos elementos materiais, técnicos e humanos.

OTRI – Unidade de transferência de tecnologia [NET BIC Porto] Unidade especializada no campo do saber, financia-se com fundos públicos, cria e aplica o conhecimento, mas não o distribui. Faz parte do sistema público de investigação e desenvolvimento. (No plural: Organismos públicos de investigação).

Outro parceiro [SENAI SESI] Refere-se à identificação de algum terceiro envolvido na execução do projeto, além da empresa parceira e da UO. Podem ser universidades, instituições públicas, empresas e organizações da sociedade civil.

Outsourcing [NET BIC Porto] Uso estratégico de recursos externos; consiste na contratação, de terceiros, para a realização de actividades não essenciais para o negócio onde as empresas não são competitivas e que tradicionalmente as realizava com recursos internos. Sinônimo: Externalização.

Pagamento Electrónico [NET BIC Porto] Operação de pagamento realizada com um cartão magnético ou com processador num terminal de pagamento electrónico.

Parque Científico [NET BIC Porto] Terreno localizado no “campus” da instituição académica ou próximo, onde se oferece espaços aos institutos ou centros públicos de investigação e as empresas que se dedicam a investigação e a actividades tecnológicas intensas, excluem-se as actividades de produção.

Parque tecnológico [ANPEI] Polo ou complexo tecnológico industrial de base científico-tecnológica planejado, de caráter formal, concentrado e cooperativo, que agrega empresas cuja produção se baseia em pesquisa tecnológica desenvolvida nos centros de P&D vinculados ao parque. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Parque Tecnológico [NET BIC Porto] Iniciativa imobiliária que oferece, numa localização adequada, infra-estruturas e serviços a empresas envolvidas na aplicação comercial de tecnologias emergentes, inclui actividades de I+D, produção, vendas, comercialização e serviços.

Patente [ANPEI] Patente é um título de propriedade temporária sobre uma invenção ou modelo de utilidade, outorgado pelo Estado aos inventores ou autores ou outras pessoas físicas ou jurídicas detentoras de direitos sobre a criação. Em contrapartida, o inventor se obriga a revelar detalhadamente todo o conteúdo técnico da matéria protegida pela patente. Fonte: INPI.

Patente [NET BIC Porto] Título de propriedade industrial que se outorga as invenções industriais de carácter mundial e garante ao seu proprietário direitos exclusivos para a exploração da invenção num país ou um conjunto de países concertado durante um determinado período de tempo.

Patente Comunitária [NET BIC Porto] Título de propriedade intelectual e industrial único, com validade em qualquer país da União Europeia; criada em 1989 mediante o Acordo sobre a Patente Comunitária, actualmente ainda não está em prática.

Patente Europeia [NET BIC Porto] Aquela em que os trâmites são feitos através da Organização Europeia de Patentes, e tem como resultado um conjunto de patentes nacionais que protegem os direitos da propriedade intelectual e industrial nos estados inscritos no convénio de patentes europeias.

PDA – Assistente Digital Personalizado [NET BIC Porto] Qualquer dispositivo móvel, do tamanho de uma mão, que permite criar, armazenar ou enviar informação se estiver conectado através de um modem a Internet; integra agenda, livro de direcções, calculadora, etc.

Pensamento Estratégico [NET BIC Porto] Henry Mintberg defende que a principal diferença entre a actividade do planeamento e o verdadeiro pensamento estratégico é que o primeiro não é mais do que um mero exercício analítico, enquanto que o segundo é baseado na criatividade, intuição e capacidade de síntese dos gestores. O planeamento estratégico deve ser encarado enquanto instrumento de apoio à tomada de decisão, não podendo todas as conclusões dos seus modelos serem levadas à letra pelos responsáveis das empresas. A capacidade de abstracção face aos modelos analíticos em momentos de rápidas evoluções do meio envolvente é a grande arma dos líderes para o sucesso competitivo.

Pensamento Lateral [NET BIC Porto] Este conceito é o maior contributo de Edward de Bono para a teoria da gestão. Corresponde a um conjunto de técnicas que favorecem a geração de novas ideias e o abandono das obsoletas, que envolve os seguintes aspectos: (1) abandonar lugares comuns e padrões fixos; (2) questionar pressupostos; (3) gerar alternativas; (4) admitir novas ideias e esperar resultados; (5) identificar novos pontos de partida. O pensamento Lateral é descontínuo e destinado à geração de novas ideias, por oposição ao pensamento vertical que é contínuo e orientado para o desenvolvimento de ideias.

Pensamento Lean [NET BIC Porto] Qualquer dispositivo móvel, do tamanho de uma mão, que permite criar, armazenar ou enviar informação se estiver conectado através de um modem a Internet; integra agenda, livro de direcções, calculadora, etc.



Referências




2015/09/22

De Modelo Sistemático da Inovação até Organismo | Glossário da inovação



Modelo Sistemático da Inovação [NET BIC Porto] Modo de descrição do processo de inovação como a interacção de múltiplos factores (normativas, financiamento, sistemas impositivos, etc.) e participantes (empresas, científicos, administrações, etc.) em que a investigação cientifica não é uma fonte de Inovação mas sim um dos factores essenciais.

Modelo sistêmico de inovação [ANPEI] Conceito de inovação que leva em conta as interações complexas e contínuas entre muitas pessoas, organismos e fatores ambientais. Sob essa ótica, a P&D já não pode ser considerada a fonte única de inovação, por exemplo. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Modernização da linha de produtos [NET BIC Porto] Uma estratégia em que são modificados itens em uma linha de produtos para se adequarem em termos de estilos e gostos e são então relançados.

Modernização tecnológica [ANPEI] Significa a utilização, e não necessariamente domínio, de tecnologias mais avançadas do que as usadas anteriormente. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Monitoramento tecnológico [ANPEI] Exercício de produzir visões do futuro, antecipar oportunidades e potenciais ameaças, indicar tendências e prioridades por meio do acompanhamento e mapeamento de tecnologias. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Nicho de mercado [ANPEI] Segmento de mercado especializado, com características próprias e que oferecem oportunidades de negócios para empreendimentos específicos; segmento específico de mercado que a empresa se propõe a atender com produtos ou serviços extremamente ajustados às suas necessidades; oportunidade de negócio originária de segmentos privilegiados de mercado. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Nicho tecnológico [ANPEI] Oportunidade de inovação de natureza predominantemente incremental, detectada no paradigma tecnológico vigente, que utiliza competências essenciais da empresa ou da região, para possibilitar vantagem competitiva em determinado mercado. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Nicho único [NET BIC Porto] Estratégia seguida pelas empresas que operam somente num nicho de mercado.

Nichos Múltiplos [NET BIC Porto] Estratégia adoptada por uma empresa operando simultaneamente em vários nichos de mercado.

Ninho de Empresas [NET BIC Porto] Infra-estrutura, desenhada para promover iniciativas empresariais acolhendo as empresas na fase inicial da sua constituição, onde os empreendedores dispõem de instalações e de serviços partilhados a preços inferiores aos do mercado, bem como uma assessoria especializada em toda a fase do estudo, tramites de criação da empresa, pedido de ajudas, etc. Sinônimo: viveiro de empresas, incubadora de empresas, incubadora.

Núcleo de inovação tecnológica (NIT) [ANPEI] Núcleo ou órgão de uma instituição científica e tecnológica (ICTs) criado com a finalidade de gerir sua política de inovação.

Objetivo [SENAI SESI] É o propósito ou alvo que se pretende atingir. Tudo aquilo que se deseja alcançar através de uma ação clara e explícita pode ser chamado de objetivo. Os objetivos devem ter metas associadas e ser definidos em termos tangíveis que são: específicos, mensuráveis, precisos, realistas e de tempo limitado. São critérios quantificáveis utilizados para avaliar o sucesso do projeto, descrevendo seu propósito.

OCR – Reconhecimento Óptico de Caracteres [NET BIC Porto] Tecnologia informática que usa o laser ou luz visível para reconhecer letras e dígitos, impressos ou escritos a mão e os introduz num dispositivo de armazenamento, utilizados pelos programas de scanner.

OEP – Oficina Europeia de Patentes [NET BIC Porto] Oficina Europeia que canaliza os trâmites (solicitudes e realização) das patentes europeias.

Oportunidades de Inovação [NET BIC Porto] As oportunidades que são vistas por empresas inovadoras, que desenvolvem estratégias de marketing difíceis de imitar, que são muito lucrativas por longo tempo; as empresas menos criativas adoptam estratégicas de evitar risco, denominada de "eu também".

OPT – Tecnologia de Optimização da Produção [NET BIC Porto] Filosofia e software, desenvolvido por Goldratt na década setenta, que permite identificar e controlar os factores que influenciam a actividade produtiva da empresa. Mesmo que o seu objectivo seja incutir um processo de melhoria contínua na empresa, centra-se nas restrições que afectam o processo todo. Sinônimo: Tecnologia da produção optimizada.

Organismo [NET BIC Porto] Estrutura que engloba o conjunto de recursos naturais, técnicos e humanos que configura uma instituição.



Referências




2015/09/21

De MARKOR até Modelo linear de inovação | Glossário da inovação



MARKOR [NET BIC Porto] Acrónimo em inglês de Market Orientation; designa um instrumento para medir o grau de orientação para o mercado de uma organização; criado por Kohli, Jaworski e Kumar em 1993.

MBI [NET BIC Porto] Aquisição de uma empresa por parte da equipa directiva externa a ela. Normalmente é uma compra garantida pelos próprios activos da empresa adquirida.

MBO [NET BIC Porto] Aquisição de uma empresa por parte da equipa directiva da própria empresa. Normalmente é garantida pelos próprios activos da empresa adquirida.

Medidas de Acompanhamento [NET BIC Porto] Acções indirectas que apoiam a execução de programas específicos ou a preparação de futuras actividades nos mesmos.

Melhoria Contínua [NET BIC Porto] Processo que aplica novas actividades e que prescinde daquelas que impliquem pouco ou nenhum valor acrescentado com o objectivo de aumentar a eficiência da organização.

Método Delphi [NET BIC Porto] Método que estrutura o processo de comunicação em grupo mediante um programa de rondas de perguntas formuladas através de questionários individuais, cujas respostas alimentam a ronda seguinte de perguntas. Caracteriza-se pelo anonimato, a interacção e a alimentação controlada, utiliza-se no processo de predição da procura e de caracterização dos mercados.

Método KJ [NET BIC Porto] Método de categorização que consiste em analisar um grande conjunto de ideias e informação, provenientes de fontes diversas, e agrupá-los em ideias básicas por critérios de afinidade ou relação natural. Este método utiliza-se em grupo para organizar uma quantidade grande de dados. Sinônimo: Diagrama de Afinidade, Método de Kawuakita Jiro.

Métricas de inovação [ANPEI] Medidas para verificação do alcance de metas e objetivos dos processos de inovação organizacional. Essas medidas da eficácia do processo de inovação podem se referir a lançamento de novos produtos, faturamento sobre novos produtos, melhoria da qualidade, criação de novos mercados, extensão da linha de produtos, redução de custos operacionais, melhoria de processos produtivos, redução do uso de materiais, redução de impacto ambiental, substituição de produtos e serviços, redução do consumo energético, entre outros. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Mobilidade [NET BIC Porto] No contexto da Inovação, é a transferência temporária de trabalhadores qualificados entre regiões, áreas de conhecimento, empresas e centros de investigação, etc.

Modelo de Kano [NET BIC Porto] Teoria sobre a satisfação do consumidor, que resume num gráfico a relação existente entre o grau de satisfação do cliente e a qualidade do produto ou serviço da empresa, que pode ser “qualidade básica”, “qualidade esperada” e “qualidade latente ou excitante”. As expectativas dos consumidores variam com o tempo, a qualidade esperada passa a básica, e a excitante passa a esperada.

Modelo de utilidade [ANPEI] Modalidade de patente que se destina a proteger inovações com menor carga inventiva, normalmente resultantes da atividade do operário ou artífice. É mais flexível, menos oneroso e o período de proteção é menor do que o de uma patente. No Brasil, pela legislação de propriedade intelectual vigente, o modelo de utilidade só se aplica a inovações em elementos físicos, tais como utensílios, pequenos equipamentos,g etc., vedada a proteção a processos nesse caso. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Modelo de Utilidade [NET BIC Porto] Título concedido pelo estado para proteger uma invenção pequena, garantindo ao proprietário direitos exclusivos para a sua exploração durante um determinado tempo, em Portugal a duração do modelo de utilidade não pode exceder 10 anos a contar da data da apresentação do respectivo pedido. A duração da patente é de 20 anos, contados a partir da data do pedido. No Reino Unido não existe este título, contudo a União Europeia, esta a tentar harmonizar e homogeneizar este tipo de protecção.

Modelo EFQM de excelência [NET BIC Porto] Modelo Europeu de Gestão da Qualidade criado em 1988, que tem como objectivo ajudar as organizações a conhecer-se melhor a elas próprias, a melhorar o seu funcionamento e orientar a organização para o cliente. É um modelo não normativo, de aplicação contínua, cuja base fundamental é a auto-avaliação do sistema de gestão, actividades e resultados da organização.

Modelo Industrial [NET BIC Porto] Título que concede o direito exclusivo de utilização sobre a nova forma ou original dada a um produto ou artigo tridimensional. Neste caso a criatividade protegida recai sobre o aspecto estético do produto. Em Portugal o registo é válido por 5 anos, a contar da data do pedido, podendo ser renovado por períodos iguais, até ao limite de 25 anos. Nota: No Reino Unido existe a figura “Desenho Industrial” que engloba o modelo e desenho industrial.

Modelo Linear da Inovação [NET BIC Porto] Modo de descrição do processo de inovação como a simples transferência de tecnologia desde as Universidades, laboratórios e centros de Investigação até a Industria.

Modelo linear de inovação [ANPEI] Visão simplificada do processo de inovação, baseado na transferência simples de tecnologias específicas de fontes de pesquisa para a indústria. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.



Referências




2015/09/18

De Learning by doing até Marketing Relacional | Glossário da inovação



Learning by doing [ANPEI] Desenvolvimento de capacitações científicas, tecnológicas e organizacionais e esforços substanciais de aprendizado com experiência própria, no processo de produção. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Learning by interacting [ANPEI] Desenvolvimento de capacitação mediante interação com fontes externas, como fornecedores de insumos, componentes e equipamentos, licenciadores, licenciados, clientes, usuários, consultores, sócios, universidades, institutos de pesquisa, agências e laboratórios governamentais, entre outros. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Learning by searching [ANPEI] Desenvolvimento de capacitação por meio de busca por novas soluções técnicas nas unidades de pesquisa e desenvolvimento ou em instâncias menos formais. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Learning by using [ANPEI] Aprendizagem pelo uso e comercialização. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Licença de fabricação ou utilização de patentes [ANPEI] Cessão de direitos, por parte de pessoas físicas ou jurídicas, de propriedade sobre desenhos e especificações de produtos sujeitos aos processos definidos de industrializações patenteados e registrados no Brasil e no país de origem, obrigado à vinculação duradoura entre as partes contratantes. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Licenciamento de tecnologia [ANPEI] Acordo contratual pela qual uma organização vende a outra empresa os direitos de uso de tecnologia de sua propriedade, sob a forma de patentes, processos e/ou know-how técnico, e pelo qual recebe pagamentos de royalties e/ou outra forma de compensação. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Licenciamento [ANPEI] Permissão para usar, explorar, modificar, de acordo com determinadas condições regidas pelo contrato de licenciamento, uma determinada tecnologia ou patente. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Líder de Mercado [NET BIC Porto] A empresa que detém a maior quota de mercado para um determinado produto ou serviço.

Manual de Camberra [NET BIC Porto] Proporciona diversas metodologias para avaliar os recursos humanos dedicados a ciência e tecnologia. Publicado pela OCDE em 1995.

Manual de Frascati [NET BIC Porto] Refere os procedimentos para medir as actividades de investigação e desenvolvimento experimental. A primeira edição foi publicada pela OCDE em 1963.

Manual de Oslo [NET BIC Porto] Oferece metodologias para a recompilação de dados que permitam interpretar a inovação na ciência e tecnologia. Publicada a primeira edição pela OCDE em 1997.

Maqueta [NET BIC Porto] Realização física de um produto (forma, volume, cor, etc.) ao tamanho natural ou de escala.

Marca [NET BIC Porto] Nome de artigo ou serviço que identifica a sua origem e características diferenciando-o do resto dos vendedores. O termo legal é marca registada. Titulo que concede o direito exclusivo à utilização de um símbolo para a identificação de um produto ou serviço no mercado. Serve para identificar e diferenciar um produto ou serviço em relação à concorrência. Podem ser marcas as palavras ou combinações de palavras, imagens, figuras, símbolos, gráficos, letras, sons, cifras, formas tridimensionais (embrulhos, embalagens, forma do produto ou a sua representação). A marca distingue os produtos ou serviços de um empresário.

Marca Registada [NET BIC Porto] Termo legal que designa o nome, palavra, símbolo ou a combinação destes, que se utiliza para diferenciar os produtos ou serviços de um fabricante ou comerciante dos produtos ou serviços de outros. Está protegido pelo registo legal, pelo que ninguém pode utilizar a mesma marca (nome ou símbolo) nem nenhuma que se pareça.

Marco de entrega [SENAI SESI] É a data específica que se refere à entrega de produto, serviço ou resultado.

Marketing Relacional [NET BIC Porto] Aquele cujo objectivo é criar, fortalecer e manter relações estreitas com os consumidores para poder antecipar, conhecer e satisfazer as suas necessidades e desejos presentes e futuros. Caracteriza-se pela personalização no tratamento e comunicação individualizada.



Referências




2015/09/17

De ISSN até Lean Production | Glossário da inovação



ISSN – International Standard Serial Number [NET BIC Porto] Código numérico internacional com oito dígitos que serve para identificar as publicações em série ou periódicas independentemente da língua e do país de publicação.

Janela tecnológica [ANPEI] Possibilidade de desenvolvimento decorrente de mudanças de paradigmas tecnológicos ou científicos que proporciona compensação e redução de desníveis econômicos e tecnológicos entre nações. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Joint-Venture [NET BIC Porto] Associação temporal de empresas para realizar um projecto comum de forma mais eficaz do que realizado separadamente: O acordo só afecta o projecto realizado em comum. Sinônimo: associação de empresas.

Joint venture [ANPEI] Entidade formada por duas ou mais organizações com o objetivo de desenvolverem, juntas, um projeto ou negócio, dividindo riscos e aproveitando sinergias para o projeto ou negócio específico. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Jornadas Informativas [NET BIC Porto] No contexto da União Europeia são aquelas que proporcionam ajuda e informação sobre os programas específicos da EU, a Comissão Europeia organiza-as de forma periódica.

Just in Time [NET BIC Porto] Técnica de gestão de origem japonesa, que tem como objectivo reduzir ao mínimo o stock tanto de produtos fabricados como peças e outros abastecimentos necessários no processo de fabricação. Tenta-se reduzir a ineficiência e o tempo improdutivo dos sistemas de produção. Sinônimo: JIT.

Kaikaku [NET BIC Porto] Melhoria radical.

Kaizen [NET BIC Porto] Melhoria contínua que permite aumentar a competitividade da empresa melhorando os processos e reduzindo o uso de recursos desnecessários (tempo, matérias-primas, etc.).

Know How [NET BIC Porto] Conhecimento técnico ou organizativo baseado na experiência, com elevado valor comercial, sobre como realizar uma determinada actividade. Quando se obtém mediante um processo de investigação e desenvolvimento de custos elevados deve sempre estar protegido pelo direito a propriedade industrial. Sinônimo: Saber fazer.

Know-how [ANPEI] Experiência técnica. Saber fazer. Termo utilizado para referir-se a processos de fabricação não patenteada, mas que exige grande habilidade. Refere-se também a um conjunto de operações que demandam experiência específica. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

LAN [NET BIC Porto] Rede de computadores e terminais informáticos de curto alcance, em geral utilizado por uma só organização, a qual permite aos usuários partilhar informação, recursos e serviços como o espaço libré em disco duro, impressoras, CD-ROM, correio electrónico, etc. Sinônimo: Rede de área local, rede local, RAL.

Layer Manufacturing Tecnologies / LMT [NET BIC Porto] Técnica que parte de um modelo em três dimensões de uma peça gerada em CAD cuja concretização física realiza-se por aproximação poliédrica da sua superfície o que permite fabricar protótipos de objectos em 3D a partir de uma série de camadas em 2D.

LBO – Labour Buy-out [NET BIC Porto] Aquisição de uma empresa por parte dos trabalhadores.

LCD – Ecrã de Cristal líquido [NET BIC Porto] Fabrica-se com duas lâminas de material polarizável entre as quais se introduz hermeticamente uma solução de cristal líquido de quartzo. Um sinal eléctrico faz com os pontos que constituem os cristais do monitor se carreguem ou não, impedindo ou permitindo a passagem de luz desta forma configurando os caracteres. Utiliza-se em monitores e dispositivos de projecção.

Lead Time [NET BIC Porto] Tempo que decorre desde que inicia o desenho de um produto até à chegada da mercadoria ao cliente. A nível logístico é o tempo que decorre desde a entrada de um pedido até a entrega ao cliente. Sinônimo: Prazo de entrega, tempo de entrega.

Lean Design [NET BIC Porto] Aquele cujo objectivo é atingir a máxima economia dos meios, eliminando todos aqueles que são desnecessários e maximizando a eficiência. Sinônimo: Desenho ajustado.

Lean Production [NET BIC Porto] Sistema de produção que tem como objectivo eliminar as actividades desnecessárias que não acrescentam mais valias e ajustar a produção de cada departamento ou secção da empresa as necessidades concretas do departamento seguinte. Evita-se operações sem valor acrescentando. Sinônimo: Produção ligeira, produção ajustada.



Referências




2015/09/16

De Investidor Informal até ISO 14000 | Glossário da inovação



Investidor Informal [NET BIC Porto] Investidor privado que dá suporte, na fase inicial, a novas ideias de negócio de elevado risco que necessitam de financiamento e que têm grande potencial de crescimento.

Investidor Privado [NET BIC Porto] Investidor informal que dá suporte, na fase inicial, a novas ideias de negócio de lato risco que necessitam de financiamento e que têm grande potencial de crescimento.

Investigação Aplicada [NET BIC Porto] Trabalhos científicos originais realizados com o fim de adquirir novos conhecimentos, com o objectivo prático de explorar o desenvolvimento de novos processos e produtos ou melhorar os existentes.

Investigação Básica [NET BIC Porto] Trabalhos científicos originais, de carácter teórico ou experimental, realizados com o fim de adquirir novos conhecimentos, sem prever nenhuma aplicação prática imediata e sem ter uma vinculação directa com os produtos ou serviços existentes. Sinônimo: Investigação Fundamental.

Investigação Básica Orientada [NET BIC Porto] Aquela que se dirige a grandes áreas de interesse geral, com o objectivo explícito de melhorar o conhecimento e as aplicações que serão a base para resolver problemas actuais ou futuros.

Investigação Básica Pura [NET BIC Porto] Aquela que se dirige à melhoria do conhecimento sem procurar aplicações nem vantagens económicas no futuro.

Investigação Estratégica [NET BIC Porto] Investigação aplicada a uma área temática ou de conhecimento que se encontra a um nível que não permite determinar de forma concreta as suas possíveis aplicações.

Investigação Fundamental [NET BIC Porto] Trabalhos científicos originais, de carácter teórico ou experimental, realizados com o objectivo de adquirir novos conhecimentos, sem prever nenhuma aplicação prática imediata e sem ter uma vinculação directa com os produtos ou serviços existentes. Sinônimo: Investigação Básica.

Investigação [NET BIC Porto] Trabalho original cujo objectivo é aumentar o conhecimento científico.

Investigador [NET BIC Porto] Profissional que, utilizando um método científico de forma contínua se dedica a trabalhar na concepção e criação de novos conhecimentos, produtos, processos e métodos.

Investimento Semente [NET BIC Porto] Angariação de recursos para elaborar um determinado projecto, com um plano de negócio, geralmente ainda não existe o plano de negócio, a empresa e a equipa de gestão. O financiamento dirige-se à definição e desenho do produto. Sem.: Financiamento semente, capital semente.

IPR – Helpdesk [NET BIC Porto] No contexto da União Europeia, define-se como o serviço criado pelos programas de Inovação.

IRC Innovation Relay Centre [NET BIC Porto] Centro que se dedica à assessoria em tecnologia e inovação ajudando às PME’s a procurar as tecnologias que melhor se adaptam as suas necessidades, proporcionando assistência para a sua exploração e dando assessoria sobre os programas de I+D da União Europeia. Instrumento de informação e vigilância do mercado tecnológico.

IRE – Regiões Inovadoras da Europa [NET BIC Porto] Aquelas que desenvolvem políticas regionais de apoio à Inovação. Associam-se numa rede de colaboração e intercâmbio de experiências (Rede IRE).

ISO – Organização Internacional de Normalização [NET BIC Porto] Organização Internacional, integrada pelos organismos de normalização de quase todos os países do mundo, que se encarrega do consentimento de algumas normas comuns homologadas.

ISO 9000 [NET BIC Porto] Nome genérico que se dá ao conjunto de normas, emitidas pela ISO, relativas ao sistema de qualidade das empresas. As empresas que solicitam e superam esta avaliação, recebem uma certificação que acredita a implementação de um sistema de qualidade em toda a sua estrutura. Sinônimo: Normas ISO 9000.

ISO 14000 [NET BIC Porto] Nome genérico que se dá a um conjunto de normas, emitidas pela ISO, relativas a gestão do meio ambiente. O objectivo é minimizar o impacto do meio ambiental da actividade empresarial. As empresas que solicitam e superam esta avaliação recebem uma certificação que acredita a implementação de um sistema de gestão meio ambiental em toda a sua estrutura. Sinônimo: Normas ISO 14000.



Referências




2015/09/15

De Inovação Radical até Interface | Glossário da inovação



Inovação Radical [NET BIC Porto] Melhoria que implica o uso de uma tecnologia totalmente nova ou a combinação de tecnologias existentes e que têm como resultado um produto diferente dos anteriormente produzidos, no uso, características, desenho ou componentes.

Inovação radical ou disruptiva [ANPEI] É aquela que causa um impacto significativo em um mercado e na atividade econômica das empresas nesse mercado. Esse conceito é centrado no impacto das inovações, em oposição a sua novidade. Representa uma mudança drástica na maneira que o produto ou serviço é consumido. Geralmente, traz um novo paradigma ao segmento de mercado, que modifica o modelo de negócios vigente. Inovações radicais engendram rupturas mais intensas. Fonte: Manual de Oslo e Inventta.

Inovação de serviço [SENAI SESI] Trata-se do serviço inovador que será gerado ao final do projeto. A inovação em serviço é o resultado de atividade que não tem a forma de um bem material, mas que atende a uma necessidade levantada pelo projeto.

Inovação Social [NET BIC Porto] Aquela que permite melhorar a sociedade no seu conjunto mediante a produção de bens ou serviços de uso colectivo ou que beneficiam a sociedade no seu conjunto.

Inovação Tecnológica [NET BIC Porto] Processo de mudança ou transformação que gera novos produtos e processos, introduzindo modificações tecnológicas na forma do produto, processo de produção, utilização, etc., assim como modificações importantes nos existentes.

Inovação tecnológica [SENAI SESI] Trata-se da inovação de processo e/ou de produto. A inovação de processo consiste na incorporação de novas tecnologias ao processo produtivo de uma determinada empresa. Essa tecnologia pode ser incorporada com a inserção ou substituição de etapas do processo, implantação de software que impacte diretamente o processo, adaptação de maquinário etc. Já a inovação de produto é aquela que, ao final da pesquisa aplicada e do desenvolvimento experimental, resulta em um produto que pode ser adquirido por consumidores ou por outras empresas.

Instituição Científica e Tecnológica (ICT) [ANPEI] Órgão ou entidade da administração pública que tenha por missão institucional, dentre outras, executar atividades de pesquisa básica ou aplicada de caráter científico ou tecnológico. Fonte: Lei de Inovação.

Instituição de apoio [ANPEI] Fundação criada com a finalidade de dar apoio a projetos de pesquisa, ensino e extensão e de desenvolvimento institucional, científico e tecnológico de interesse das instituições federais de ensino superior e demais instituições científicas e tecnológicas, registrada e credenciada nos Ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação. Fonte: Lei de Inovação.

Integração horizontal [NET BIC Porto] Uma estratégia de crescimento em que uma companhia se desenvolve buscando propriedade, ou algum tipo de controlo sobre, alguns de seus competidores.

Integração vertical [NET BIC Porto] Uma estratégia para crescimento em que a companhia adiciona novas instalações às suas instalações actuais de fabricação e de distribuição; a integração vertical pode ser para frente ou para trás. Também denominada Diversificação Vertical.

Inteligência Artificial/IA [NET BIC Porto] A capacidade de uma máquina de simular processos de inteligência humana com sistemas de computação, o que permite desenhar máquinas que realizem as tarefas que se associam a inteligência humana: justificar, resolver problemas, efectuar predições, etc.

Intensidade de I+D [NET BIC Porto] Parâmetro que se utiliza para quantificar a actividade de uma empresa ou país em investigação e desenvolvimento. Calcula-se como o cociente dos gastos anuais internos em I+D entre a cifra dos negócios, para as empresas e como o cociente entre os gastos anuais em I+D entre o PIB para os países.

Intensidade de Inovação [NET BIC Porto] Medida do nível da actividade em inovação. Calcula-se com o cociente dos gastos em inovação entre a cifra de negócios da empresa.

Intensidade Tecnológica [NET BIC Porto] Medida do nível tecnológico. Calcula-se como o cociente dos gastos internos em I+D entre os gastos totais da inovação.

Intercâmbio Electrónico dos Dados [NET BIC Porto] Transferência de dados electrónicos estruturados através da rede que utiliza sistemas e protocolos estandardizados de intercâmbio.

Interface [NET BIC Porto] Componente de hardware e software que se utiliza como dispositivo ou ponto de contacto para conectar e comunicar uma parte do computador ao utilizador ou a outra parte do mesmo computador ou de outros computadores.



Referências




2015/09/14

De Inovação Empresarial até Inovação em produto | Glossário da inovação



Inovação Empresarial [NET BIC Porto] Aquela que se produz no contexto empresarial e que consiste em utilizar uma novidade como solução para introduzir ou melhorar um produto, serviço ou processo.

Inovação na Estrutura do Mercado [NET BIC Porto] Aquela que origina uma reorganização do mercado, onde gere novos segmentos ou permite dominar os existentes.

Inovação Gradual [NET BIC Porto] Traduz-se em pequenas melhorias no funcionamento e uso de produtos ou processos já existentes.

Inovação incremental [ANPEI] Reflete pequenas melhorias contínuas em produtos ou em linhas de produtos. Geralmente, representam pequenos avanços nos benefícios percebidos pelo consumidor e não modificam de forma expressiva a forma como o produto é consumido ou o modelo de negócio. Fonte: Inventta.

Inovação de marketing [ANPEI] É a implementação de um novo método de marketing com mudanças significativas na concepção do produto ou em sua embalagem, no posicionamento do produto, em sua promoção ou na fixação de preços. A característica distintiva de uma inovação de marketing é a implementação de um método que não tenha sido utilizado previamente pela empresa, ou seja, de um novo conceito ou estratégia de marketing que representa um distanciamento substancial dos métodos de existentes na empresa. Fonte: Manual de Oslo.

Inovação no Mercado [NET BIC Porto] Aquela que gere a abertura de um novo mercado ou a implementação de uma nova estrutura de mercado que origine novos mercados.

Inovação para o mercado [ANPEI] As inovações são novas para o mercado quando a empresa é a primeira a introduzir a inovação em seu mercado. O mercado é definido como a empresa e seus concorrentes e ele pode incluir uma região geográfica ou uma linha de produto. Fonte: Manual de Oslo.

Inovação para o mundo [ANPEI] Uma inovação é nova para o mundo quando a empresa é a primeira a introduzir a inovação em todos os mercados e indústrias, domésticos ou internacionais. Fonte: Manual de Oslo.

Inovação organizacional [ANPEI] É a implementação de um novo método organizacional nas práticas de negócios da empresa, na organização do seu local de trabalho ou em suas relações externas. O que distingue uma inovação organizacional de uma simples mudança é a implementação de um método organizacional (em práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas) que não tenha sido usado anteriormente na empresa e que seja o resultado de decisões estratégicas tomadas pela gerência. Fonte: Manual de Oslo.

Inovação Organizacional [NET BIC Porto] Aquela que se realiza no âmbito comercial, financeiro, organizacional e na gestão, que apoia e potencia a corrente inovadora da empresa melhorando a sua produtividade.

Inovação de processo [SENAI SESI] É a incorporação de novas tecnologias ao processo produtivo de uma determinada empresa. Essa tecnologia pode ser incorporada de diversas formas: inserção ou substituição de etapas do processo, implantação de software que impactará diretamente o processo, adaptação de maquinário etc.

Inovação de Processos [NET BIC Porto] Aquela que aplica ao processo de produção métodos tecnologicamente novos ou com melhorias significativas.

Inovação em processo [ANPEI] É a implementação de um método de produção ou distribuição novo ou significativamente melhorado. Incluem-se mudanças significativas em técnicas, equipamentos e/ou softwares. As inovações de processo podem visar a reduzir custos de produção ou de distribuição, melhorar a qualidade, ou ainda produzir ou distribuir produtos novos ou significativamente melhorados. Fonte: Manual de Oslo.

Inovação de produto [SENAI SESI] É o produto que será gerado ao final do projeto da pesquisa aplicada. Trata-se de algo concreto, que pode ser adquirido por consumidores ou por outras empresas ligadas ao referido setor. Para o Edital SENAI/SESI de Inovação, o desenvolvimento de software não poderá ser considerado produto inovador (ver definição de “inovação de processo”).

Inovação do Produto [NET BIC Porto] Aquela que se utiliza para desenhar e elaborar um produto com características tecnológicas ou usos que diferem de forma significativa dos produtos produzidos anteriormente, ou para melhorar os produtos já existentes, elevando sempre a competitividade da empresa.

Inovação em produto [ANPEI] É a introdução de um bem ou serviço novo ou significativamente melhorado. Incluem-se melhoramentos significativos em especificações técnicas, componentes e materiais, softwares incorporados, facilidade de uso ou outras características funcionais. As inovações de produto podem utilizar novos conhecimentos ou tecnologias, ou podem basear-se em novos usos ou combinações para conhecimentos ou tecnologias existentes. O termo produto abrange tanto bens como serviços. Fonte: Manual de Oslo.



Referências




2015/09/11

De Imobilizado Incorpóreo até Inovação aberta (open innovation) | Glossário da inovação



Imobilizado Incorpóreo [NET BIC Porto] Elementos intangíveis, valorizados ao preço de aquisição, que constituem o activo de uma empresa, entre eles incluem-se os funcionários e as suas destrezas, conhecimentos e criatividade. Sinônimo: activo incorpóreo, activo intangível.

Impressão a três dimensões [NET BIC Porto] Tecnologia desenvolvida pelo Instituto Tecnológico de Massachussets, que permite criar em poucas horas, a partir de dados de um desenho em três dimensões elaborado no computador, peças sólidas com independência de tamanho e forma, utilizando como matéria-prima todo o tipo de materiais.

Incubação [ANPEI] Processo de apoio ao desenvolvimento de pequenos empreendimentos ou empresas nascentes, por meio do qual empreendedores podem desfrutar de instalações físicas, ambiente instrucional e de suporte técnico e gerencial no início e durante as etapas de desenvolvimento do negócio. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Incubadora de empresas de base tecnológica [ANPEI] Aquela que abriga empresas cujos produtos, processos ou serviços resultam de pesquisa científica, para os quais a tecnologia representa valor agregado. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Incubadora de Empresas [NET BIC Porto] Infra-estrutura, próxima de uma instituição instalação académica ou de investigação, desenhada para acolher actividades empreendedoras nas primeiras fases da sua constituição com assistência técnica para a constituição da empresa. Sinônimo: viveiro de empresas, incubadora.

Incubadora [ANPEI] Mecanismo que estimula a criação e o desenvolvimento de micros e pequenas empresas industriais ou de prestação de serviços, empresas de base tecnológica ou de manufaturas leves, por meio da formação complementar do empreendedor em seus aspectos técnicos e gerenciais. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Indicação geográfica [ANPEI] Refere-se a produtos originários de uma determinada área geográfica (país, cidade, região, ou localidade de seu território) que tenham se tornado conhecidos por possuírem qualidades ou reputação relacionadas à sua forma de extração e produção/fabricação. Também se refere à prestação de determinados serviços. Fonte: Proteção da Criatividade e Inovação - Guia para Jornalistas. INPI e CNI.

Indicador [NET BIC Porto] Estatísticas, cifras e outros factores quantificáveis que reflictam o interesse de determinados grupos perante uma matéria específica num determinado momento.

Indicador Bibliométrico [NET BIC Porto] Medida que quantifica o impacto científico ou a quantidade de publicações científicas. Podem estar relacionadas com as publicações (número de artículos, livros, relatórios, patentes, comunicações, etc.) ou com as referências (referencias recebidas por um autor, publicação, etc).

Indicador Cienciométrico [NET BIC Porto] Aquele que mede a qualidade e impacto das publicações cientificas (indicadores de publicação) e também a quantidade e impacto das vinculações ou relações entre as publicações científicas (indicadores de citação).

Infonomía [NET BIC Porto] Ciência interdisciplinar cujo objecto é o estudo da relação entre as pessoas e os sistemas de informação com o objectivo de obter uma gestão inteligente da informação.

Informetria [NET BIC Porto] Estudo quantitativo da informação e dos fluxos de informação aplicados em modelos matemáticos e estatísticos.

Inovação [ANPEI] Implementação de um produto, bem ou serviço novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas. O requisito mínimo para se definir uma inovação é que o produto, o processo, o método de marketing ou organizacional sejam novos (ou significativamente melhorados) para a empresa. Isso inclui produtos, processos e métodos que as empresas são as pioneiras a desenvolver e aqueles que foram adotados de outras empresas ou organizações. Fonte: Manual de Oslo.

Inovação [NET BIC Porto] Transformação que permite melhoria e aperfeiçoamento de produtos e serviços existentes com o objectivo de obter um beneficio económico e social.

Inovação [SENAI SESI] É a implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas (Manual de Oslo, 3ª Edição).

Inovação aberta (open innovation) [ANPEI] Trata-se da busca por outros caminhos para aumentar a eficiência e eficácia dos processos de inovação. Isso tem sido feito por meio da busca ativa de novas tecnologias e novas ideias fora da empresa, da cooperação com instituições de pesquisa, com seus fornecedores ou até mesmo com seus competidores, com o objetivo de agregar valor a seus produtos. Outro importante aspecto é o licenciamento de ideias e tecnologias que não se enquadram na estratégia da empresa, que pode gerar, por exemplo, spin-offs. A inovação aberta pode ser descrita como a combinação de ideias internas e externas, como também, de trajetórias internas e externas para o mercado, de modo a avançar o desenvolvimento de novas tecnologias. Fonte: Agência USP de Inovação, com base em texto de Henry Chesbrough, criador do conceito.



Referências




2015/09/10

De Gestão tecnológica até ILAN/RALI | Glossário da inovação



Gestão tecnológica [ANPEI] Administração sistemática de habilidades, mecanismos, conhecimentos, planos e instrumentos organizacionais necessários à estruturação da capacidade empresarial de gerar, introduzir, apropriar, modificar e gerenciar inovações, com vista à competitividade. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Gestor do projeto [SENAI SESI] É o profissional do SENAI e/ou SESI que atuará tecnicamente na implantação do projeto, sendo o responsável pelo fornecimento de informações gerenciais aos interessados, condução dos trabalhos, integração da equipe, encerramento e prestação de contas.

Good governance [NET BIC Porto] Estilo de governo caracterizado pela gestão dos assuntos públicos com maior transparência, participação, equidade e responsabilidade de todos os participantes.

Governância [NET BIC Porto] No contexto da União Europeia, define-se como o exercício do poder político, económico e administrativo na gestão dos assuntos públicos para aplicar as decisões políticas adoptadas.

Governância da Inovação [NET BIC Porto] No contexto da União Europeia significa a gestão das políticas de Inovação de forma transparente, responsável, participativa e equitativa.

Grau de ineditismo [SENAI SESI] Trata-se da demonstração do quão inédito é o produto, serviço ou resultado a ser gerado pelo projeto.

Guia Informativo [NET BIC Porto] No contexto da União Europeia é aquele que acompanha cada convocatória de propostas e que contém toda a documentação necessária para preparar e apresentar uma proposta (texto da convocatória, guia do proponente, formulários de apresentação e manual de avaliação).

Harvest strategy [NET BIC Porto] Termo criado por Gary Hamel e C.K. Prahalad aplicado a um tipo de estratégia empresarial caracterizado por uma redução acelerada do investimento enquanto o fluxo de receitas se mantém constante

Hedging [NET BIC Porto] Processo que conduz à transferência de risco de flutuação futura de preços de um agente para outro. Qualquer empresa cujo planeamento dependa da evolução dos preços deverá considerar estas operações de cobertura de risco. Este objectivo pode ser cumprido através, do recurso a alguns instrumentos do mercado de opções e futuros.

Histograma [NET BIC Porto] Representação gráfica de dados contínuos, formado por uma sucessão de rectângulos adjacentes, tendo cada um por base um intervalo de classe e por área a frequência relativa, ou absoluta.

Histórico do DR no Edital SENAI/SESI de Inovação [SENAI SESI] É o critério de avaliação que considera o desempenho do Departamento Regional nos projetos já apoiados em versões anteriores do Edital, considerando as evidências anexadas na ferramenta de gestão dos projetos.

Homologação [NET BIC Porto] Certificação oficial por parte da Administração Pública ou Organismo autorizado de que um produto, processo ou serviço cumpre os requisitos técnicos regulamentadores.

I+D / Investigação e Desenvolvimento [NET BIC Porto] Actividades realizadas de forma sistemática para melhorar o conhecimento tecnológico de um determinado produto, processo ou aplicação; inclui a investigação básica, a investigação aplicada e o desenvolvimento experimental.

I-business [NET BIC Porto] Empresas em que a Internet é o factor de definição do negócio já que todos os seus negócios são realizados pela Internet.

IDT / Investigação e Desenvolvimento Tecnológico [NET BIC Porto] Conjunto de actividades e projectos cujo objectivo é melhorar o conhecimento científico e tecnológico para poder competir em melhores condições no mercado mundial.

ILAN/RALI [NET BIC Porto] Rede local de área industrial.



Referências




2015/09/09

De Fomento até Gestão do Conhecimento | Glossário da inovação



Fomento [ANPEI] Aplicação de recursos orçamentários governamentais em atividades diversas relacionadas à pesquisa científica e tecnológica. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Formação à distância [NET BIC Porto] Processo de ensino e aprendizagem, fora das aulas e com um elevado nível de autonomia, em que o aluno obtém formação utilizando meios que vencem a distância física.

Formação contínua [NET BIC Porto] Processo de aprendizagem de forma contínua ao longo da vida profissional e inclusive durante a reforma. Inclui planos de formação nas empresas. Sinônimo: Aprendizagem contínua.

Fornecedor de Acesso a Internet [NET BIC Porto] Empresa que fornece o acesso ou conexão a Internet.

Fornecedor de Serviços de Aplicação [NET BIC Porto] Empresa que oferece o aluguer ou o leasing de aplicações de hardware e software desde o seu local de trabalho, pelo que os clientes acedem às aplicações de forma remota através da Web e não as instalam nos seus equipamentos. A empresa fornecedora efectua a manutenção e a gestão destas aplicações no seu local de trabalho.

Fornecedor de Serviços da Internet (ISP) [NET BIC Porto] Empresa que oferece acesso à Internet, a outros serviços relacionados com o correio electrónico e ao alojamento (hosting) de páginas web a empresas ou particulares.

Franchising [NET BIC Porto] O franchising é, por definição, um modelo ou sistema de desenvolvimento de negócios em parceria, através do qual uma empresa, com um formato de negócio já testado, concede a outra empresa o direito de utilizar a sua marca, explorar os seus produtos ou serviços, bem como o respectivo modelo de gestão, mediante uma contrapartida financeira.

Fundos setoriais [ANPEI] Criados a partir de 1999, são instrumentos de financiamento de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação no País. Há 16 Fundos Setoriais, sendo 14 relativos a setores específicos e dois transversais. Destes, um é voltado à interação universidade-empresa (FVA – Fundo Verde-Amarelo), enquanto o outro é destinado a apoiar a melhoria da infra-estrutura de ICTs (Infra-estrutura). As receitas dos Fundos são oriundas de contribuições incidentes sobre o resultado da exploração de recursos naturais pertencentes à União, parcelas do Imposto sobre Produtos Industrializados de certos setores e de Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) incidente sobre os valores que remuneram o uso ou aquisição de conhecimentos tecnológicos/transferência de tecnologia do exterior. Fonte: Finep.

Gestão da cadeia de fornecimentos [NET BIC Porto] Conjunto de actividades e procedimentos cujo objectivo é optimizar a interacção entre todos os elementos da cadeia de fornecimento de uma empresa com a finalidade de satisfazer as necessidades dos seus clientes, incrementar as vendas e reduzir os custos.

Gestão da inovação [ANPEI] Conjunto de atividades da função gerencial que coordena esforços para apoiar a criatividade dos seus membros e prover contextos de pesquisa e desenvolvimento para que eles gerem novos produtos ou processos; integração dos princípios e métodos de administração, avaliação, economia, engenharia, informática e matemática aplicados ao processo de inovação. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Gestão da Inovação [NET BIC Porto] Conjunto de actividades e processos destinados a organizar, conduzir e administrar os recursos disponíveis para gerar ideias inovadoras, que melhorem os produtos e processos existentes ou produzam novos produtos e processos.

Gestão da Mudança [NET BIC Porto] Expressão que define os métodos de gestão que as organizações utilizam para se adaptarem às mudanças da sua envolvente, evitando erros e minimizando o impacto negativo da própria mudança.

Gestão da Qualidade Total [NET BIC Porto] Conjunto de actividades e procedimentos em que se envolvem todos os membros de uma organização com o fim de atingir um nível sempre superior ao anterior na qualidade dos produtos e serviços oferecidos ao consumidor.

Gestão de portfólio [ANPEI] Abordagem que permite, por meio da avaliação e priorização, maximizar os resultados de uma carteira de projetos voltados para inovação. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Gestão do Ciclo de Vida do Produto [NET BIC Porto] Sistema que melhora o rendimento da empresa, permitindo aceder, gerir e criar informação sobre o produto em qualquer momento e lugar, há informação disponível sobre todas as etapas do produto.

Gestão do conhecimento [ANPEI] Organização das principais políticas, processos, ferramentais gerenciais e de tecnologia da informação, levando-se em conta a compreensão dos processos de geração, identificação, validação, disseminação, uso e proteção de conhecimentos estratégicos para gerar resultados econômicos para a empresa e benefícios para colaboradores e partes interessadas. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Gestão do Conhecimento [NET BIC Porto] Disciplina empresarial que promulga o processo sistemático de coordenação de todas as actividades e procedimentos de uma organização para criar, procurar, armazenar, partilhar, difundir, desenvolver e maximizar o conhecimento da organização. Esta gestão permite aumentar a eficiência, produtividade e rentabilidade mediante o uso de ferramentas e métodos de suporte tecnológico que facilitam a partilha do conhecimento dentro da organização permitindo assim gerar novo conhecimento. Sinônimo: Knowledge management.



Referências




2015/09/08

De Externacionalização até Fluxo de caixa | Glossário da inovação



Externacionalização [NET BIC Porto] Uso estratégico de recursos externos que consiste na contratação a terceiros, da realização de actividades não essenciais para o negócio, naquelas em que a empresa não é competitiva e que tradicionalmente realizava com os seus recursos internos. Sinônimo: Outsourcing.

Fabricação ajustada [NET BIC Porto] Processo de melhoria em todas as métricas de funcionamento de uma empresa que permite utilizar a quantidade mínima dos recursos totais (pessoal, material, monetário, etc.) para produzir um produto e entrega-lo no tempo certo.

Fabricação integrada por computador [NET BIC Porto] Tecnologia que tem como objectivo o uso cooperativo das ferramentas informáticas envolvidas no procedimento do desenho (CAD) e fabricação (CAM) para conseguir um sistema de gestão integral, único e eficiente de todas as actividades da empresa: desenho, fabricação, administração e gestão.

Fabricação de objectos por camadas (LOM) [NET BIC Porto] Tecnologia de prototipagem rápida, de carácter aditivo, que produz os objectos cortando e colocando camadas (lâminas) umas sobre as outras. Este sistema utiliza um feixe de laser para cortar a fronteira de cada camada que reproduz as secções geradas em CAD.

Fabricação Rápida de Moldes [NET BIC Porto] Técnica que permite obter moldes e outras ferramentas protótipo utilizando um sistema de prototipagem rápida, directamente ou indirectamente, em alguma das suas fases, com o objectivo de obter uma pequena série de peças protótipo. Sinônimo: Rapid tooling, Prototipado rápido de moldes.

Factor de Impacto [NET BIC Porto] Indicador bibliométrico que consiste num cociente cujo numerador inclui a soma das referências recebidas por uma revista científica durante um ano e cujo denominador inclui todos os artigos publicados na dita revista durante os dois anos anteriores. O resultado obtido denomina-se índice de impacto. O objectivo é medir o grau de difusão da publicação. Também se pode calcular o factor de impacto de um determinado autor ou instituição.

FDM – Modelação por extrusão de plástico [NET BIC Porto] Tecnologia de prototipagem rápida, de carácter aditivo, que se baseia na solidificação de materiais termo fusíveis como plásticos e ceras. Este sistema permite que a partir de uma massa, que sai por uma fieira especialmente preparada, formando-se um cordão que por sua vez gera a geometria do objecto prototipado.

Ficheiro STL [NET BIC Porto] Formato standard de transmissão de dados utilizado na industria de prototipagem rápida. Permite transformar os ficheiros de CAD (tipicamente sólidos ou superfícies) em ficheiros de triângulos que se introduzem nos computadores de fabricação de protótipos para obter objectos em 3D a partir de uma série de capas de 2D.

Fidelidade Sem Fios [NET BIC Porto] Protocolo de comunicação sem fios de área local criado em 1997 nos USA. Permite a inter conexão entre equipamentos e o acesso sem fios à Internet tanto em lugares públicos como privados (habitações, instituições e empresas) sem necessidade de usar cabos. Sinônimo: Wi-Fi.

Financiamento da Inovação [NET BIC Porto] Obtenção de fundos para o desenvolvimento de actividades de inovação ou transformação que permitam a melhoria de produtos e serviços existentes ou a criação de novos, com a finalidade de obter um benefício económico e social. Inclui investimentos informais, bancos, fundos de capital de risco, financiamento semente, financiamento de arranque, etc.

Financiamento de arranque [NET BIC Porto] Obtenção de fundos para facilitar a criação ou arranque de uma empresa. Sinônimo: Financiamento de arranque.

Financiamento semente [NET BIC Porto] Obtenção de recursos para elaborar um determinado projecto com um plano de negócio, geralmente ainda não existe plano, empresa nem equipa directiva. O financiamento dirige-se a definição e desenho do produto. Sinônimo: Capital semente, investimento semente.

Financiamento [NET BIC Porto] Obtenção de fundos necessários para o desenvolvimento de um projecto ou empresa.

Firmware [NET BIC Porto] Conjunto de instruções, que formam uma série de micro programas, armazenados de forma permanente na memória ROM (só leitura) que controla a actividade do computador.

Flat Organization [NET BIC Porto] Organização que minimiza os níveis hierárquicos no organigrama. O desenvolvimento dos sistemas de comunicação interna nas empresas torna redundantes algumas funções de intermediação, permitindo o acesso mais directo à informação e eliminando redundâncias

Fluxo de caixa [SENAI SESI] Refere-se ao montante de caixa recebido e gasto por uma empresa durante um período de tempo definido.



Referências




2015/09/07

De Estratégia dependente até Explorer | Glossário da inovação



Estratégia dependente [NET BIC Porto] Estratégia de inovação que utilizam as empresas que aceitam um papel de seguidor ou secundário em relação às empresas mais fortes do sector, pelo que não tentam copiar as modificações tecnológicas, têm uma actividade inovadora mínima, carecem de recursos destinados à I+D e as modificações dos seus produtos são devidas às exigências das empresas externas de quem dependem.

Estratégia Imitativa [NET BIC Porto] Estratégia de Inovação utilizada pelas empresas que não são as primeiras em inovar, nem seguem o líder em matéria de inovação, limitam-se a pagar pelo uso do Know How para produzir o que o mercado já aprovou e aceitou. Tentam aproveitar vantagens comparativas ou preços competitivos. Estas empresas encontram-se numa posição técnica distanciada das que aplicam estratégias inovadoras defensivas ou ofensivas.

Estratégia Inovadora Defensiva [NET BIC Porto] Estratégia que é utilizada por empresas que não sentem a obrigação de ser as primeiras em aplicar a inovação, não querendo assumir esse risco, mas também não querem ficar atrás em matéria de inovadora pelo que aplicam as inovações do líder aprendendo dos seus erros, melhorando o desenho e diferenciando os seus produtos com pequenas melhorias tecnológicas.

Estratégia Inovadora Ofensiva [NET BIC Porto] Estratégia que é utilizada pelas empresas que são as primeiras a aplicar a inovação. Estas empresas actuam como líderes tecnológicos e efectuam custos elevados em I+D.

Estratégia Oportunista [NET BIC Porto] Estratégia de Inovação que é utilizada pelas empresas que identificam oportunidades que não necessitam de grande investimento em I+D e que lhes permite serem os primeiros a detectar um nicho de mercado. Estas empresas não dedicam grandes recursos a I+D mas sim em informação sobre a envolvente, para detectar oportunidades de negócio e nichos que ninguém identificou antes ou que ninguém cobre. Sinônimo: Estratégia de Nicho.

Estratégia Pull [NET BIC Porto] Promoção para consumidores finais (principalmente por meio de propaganda e promoção de vendas) ao invés de para membros do canal de marketing (principalmente por venda pessoal) visando facilitar o fluxo de um bem ou serviço, do produtor até o consumidor final.

Estratégia Push [NET BIC Porto] Promoção para membros do canal de marketing (principalmente por meio de venda pessoal) ao invés de promoção para usuários-finais (principalmente por meio de propaganda e promoção de vendas), visando facilitar o fluxo de um bem ou serviço do produtor até o consumidor final.

Estratégia Push-pull [NET BIC Porto] A promoção de um bem ou serviço tanto para usuários-finais como para membros do canal de marketing, visando facilitar seu fluxo, desde o produtor até o consumidor final.

Estratégia de Saída [NET BIC Porto] Uma decisão estratégica para permitir um produto na fase de declínio de seu ciclo de vida, continuar a ser vendido, especialmente se o produto tem um considerável mercado fiel que insiste em comprá-lo; frequentemente, o vendedor pode elevar um pouco o preço, para obter um preço levemente premium, ao mesmo tempo em que reduz todos os custos com promoções.

Estratégia de Segmentação [NET BIC Porto] Estratégia que uma empresa segue ao dirigir-se a um grupo específico de compradores, a um segmento do sector industrial ou a um mercado geográfico concreto. Sinônimo: Estratégia de enfoque, Estratégia de nicho.

Estratégia Tradicional [NET BIC Porto] Estratégia de inovação que é utilizada pelas empresas que não vêm motivos para modificar os seus produtos já que o mercado não o exige e a concorrência não os pressiona para modificar ou inovar os seus produtos ou serviços. As empresas que seguem esta estratégia têm uma capacidade técnica mínima.

Estudo de mercado [NET BIC Porto] Actividade de investigação cujo objectivo é melhorar o conhecimento das características de um determinado mercado (oferta, procura, comportamento dos consumidores, etc.) para estabelecer as possibilidades de sucesso de um negócio.

Etapa [SENAI SESI] É o componente de trabalho ou entrega caracterizado pelo somatório das atividades a ela relacionadas, usualmente gerando uma entrega.

e-trabalho [NET BIC Porto] Prática laboral que utilizada as tecnologias de informação e comunicação para aumentar a eficácia e a flexibilidade (espaço - temporal) da empresa. Sinônimo: Tele-trabalho.

Evidências de impactos gerados na empresa e/ou mercado [SENAI SESI] São documentos comprobatórios da incorporação da inovação tecnológica e/ou social desenvolvida. Exemplo: cópias de notas fiscais da venda do produto desenvolvido, fotos, relatórios técnicos financeiros da empresa etc.

Explorer [NET BIC Porto] Aplicação que permite ao usuário navegar pela web, visualizar documentos e inclusive escutar informação da web. Os navegadores mais populares são o Netscape Navigator e Microsoft Internet Explorer. Sinônimo: Navegador.



Referências




2015/09/04

De ERP – Planificação de Recursos Empresariais até Estratégia de Posicionamento de Produto | Glossário da inovação



ERP – Planificação de Recursos Empresariais [NET BIC Porto] Sistema ou aplicação informática flexível que integra a informação de todos os processos de negócio de uma empresa, através de um interface conhecido, melhorando a sua gestão, produtividade e eficiência.

Escopo do projeto [SENAI SESI] É todo o esforço necessário, todas as atividades a serem realizadas para fornecer o produto, processo ou serviço que se pretende desenvolver com o projeto proposto. O escopo do projeto deve estar refletido no cronograma, onde é possível acompanhar todas as atividades de um projeto.

Espacenet [NET BIC Porto] Serviço gratuito, acessível através da Internet, para promover a utilização da informação contida nas patentes. Criado pelo Instituto Europeu de Patentes (www. european-patent-office.org), a Comissão Europeia e os Estados Membros da Organização Europeia de Patentes.

Espaço Europeu da Investigação / EEI [NET BIC Porto] Estrutura cujo objectivo é melhorar a coordenação e a convergência das políticas nacionais de investigação, desenvolvimento e inovação no seio da EU, com o objectivo de partilhar objectivos, recursos e experiências.

Especialista da empresa [SENAI SESI] É o colaborador da empresa, com expertise na temática do projeto, designado para representá-la na execução da parceria. Não é exigido um nível mínimo de formação.

Especialista do SENAI e/ou SESI [SENAI SESI] É o colaborador designado para representar a UO na execução do projeto. Não é exigido um nível mínimo de formação.

Espinha de Peixe Ishikawa [NET BIC Porto] Ferramenta de análise que representa de forma gráfica as relações existentes entre um elemento (problema ou resultado) e as causas que influenciam na sua origem. Utiliza-se para identificar e classificar as causas que geram um determinado problema. Sinônimo: Diagrama Causa – Efeito, Diagrama de Espinha de Peixe, Diagrama Ishikawa.

Estereolitografía (SL/SLA) [NET BIC Porto] Tecnologia de prototipagem rápida de carácter aditivo, baseando-se na solidificação de resinas liquidas mediante um processo de polimerização que utiliza um raio Laser.

Estratégia de desinvestimento [NET BIC Porto] Uma decisão planejada de sair de um negócio ou linha de produto em particular; para liquidar.

Estratégia de diferenciação [NET BIC Porto] Estratégia cujo objectivo é oferecer produtos ou serviços que o consumidor os considere únicos, pelos quais está disposto a pagar um preço mais alto. A diferenciação consegue-se potenciando características próprias do produto ou serviço (qualidade, envasilhamento, etc.) ou alheias (distribuição, serviço ao cliente, etc.).

Estratégia de diversificação [NET BIC Porto] Estratégia que tem como objectivo ampliar o mercado de actuação de uma empresa, aumentando a variedade de produtos e serviços que mercado detém.

Estratégia de enfoque [NET BIC Porto] Estratégia que uma empresa segue ao dirigir-se a um grupo específico de compradores, a um sector industrial ou a um mercado geográfico específico. Sinônimo: Estratégia de alta segmentação.

Estratégia de Expansão [NET BIC Porto] Estratégia cujo objectivo é aumentar a quota de mercado ou a quota do sector de forma contínua.

Estratégia de Negócios [NET BIC Porto] Os meios pelos quais uma empresa trabalha para alcançar suas metas declaradas.

Estratégia de Nicho [NET BIC Porto] Estratégia de inovação que utilizam as empresas que identificam oportunidades que não necessitam de grande investimento em I+D e que lhes permite ser os primeiros em detectar um nicho de mercado. Estas empresas não dedicam grandes recursos a I+D mas sim à informação sobre a sua envolvente para detectar oportunidades de negócio e nichos que ainda ninguém identificou ou alias que ninguém cobre. Sinônimo: Estratégia oportunista.

Estratégia de Posicionamento de Produto [NET BIC Porto] As decisões de marketing e acções com o objectivo de criar um lugar particular para um produto no mercado e nas mentes dos consumidores; uma estratégia de posicionamento de produto pode tentar diferenciar uma oferta de marketing da do competidor ou parecer semelhante a ela.



Referências




2015/09/03

De Eficácia até Equipe técnica | Glossário da inovação



Eficácia [NET BIC Porto] Comparação entre as realizações, os resultados e/ou os impactos efectivos com os que eram esperados ou estimados.

Eficiência [NET BIC Porto] Compara as realizações, os resultados e/ou os impactos com os recursos (em especial os financeiros) utilizados para os atingir.

EFQM – Fundação Europeia para a Gestão da Qualidade [NET BIC Porto] Organização Europeia, sem fins lucrativos, que desenvolveu um modelo de gestão da qualidade total, composto por parâmetros que avaliam a organização, determinando os seus pontos fortes e fracos, com o objectivo de definir planos de acção consequentes com a sua situação.

EIMS – Sistema Europeu de Observação da Inovação [NET BIC Porto] Observatório europeu da inovação criado para favorecer a realização de estudos e avaliações sobre novas tecnologias e processos de inovação nas empresas europeias. O seu objectivo é difundir informação sobre os factores que inibem e que favorecem a inovação nas empresas europeias.

E-learning [NET BIC Porto] Processo de formação e aprendizagem à distância utilizando tecnologias de informação e comunicação (TIC) para melhorar a qualidade da informação ao favorecer o acesso a serviços e recursos à distância. Sinônimo: e-learning.

Empreendedorismo [ANPEI] Habilidade de transformar uma invenção em inovação pela combinação de diferentes tipos de conhecimentos, capacidades, habilidades e recursos. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Empresa de alta tecnologia [ANPEI] Unidades de negócios produtoras de bens e serviços cuja competitividade depende do projeto, desenvolvimento e produção de novos produtos ou processos inovadores, por meio da aplicação sistemática e intensiva de conhecimentos científicos e tecnológicos. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Empresa graduada [ANPEI] Organização que alcança desenvolvimento suficiente para ser habilitada a sair da incubadora. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Empresa incubada [ANPEI] Organização que está abrigada em uma incubadora de empresas. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Empresa inovadora [ANPEI] É aquela que implementou uma inovação durante o período de análise. Fonte: Manual de Oslo.

Empresa Inovadora [NET BIC Porto] Segundo a informação da Comunidade Europeia, a empresa inovadora é aquela que introduziu melhorias no produto, serviços ou processos nos últimos três anos.

Empresa parceira [SENAI SESI] É a entidade jurídica com no mínimo um ano de existência, de caráter industrial, cujo porte pode ser micro, pequeno, médio ou grande. Empresas incubadas também se enquadram nessa categoria.

Empresas de Base Tecnológica [NET BIC Porto] Aquelas que produzem bens e serviços utilizando uma tecnologia nova ou inovadora em qualquer fase da produção e comercialização.

Engenharia Inversa [NET BIC Porto] (1) Processo cujo objectivo é gerar o desenho a partir de um modelo físico. É o processo inverso a prototipagem que gera um modelo físico a partir de um modelo CAD. (2) Nome que se utiliza para denominar a actividade de cracking de desproteger programas.

Entrega [SENAI SESI] É o resultado final (ou parcial) do projeto, podendo ser um produto, processo ou serviço inovador.

Equipe técnica [SENAI SESI] É a equipe de especialistas envolvidos no desenvolvimento do projeto.



Referências