2015/09/21

De MARKOR até Modelo linear de inovação | Glossário da inovação



MARKOR [NET BIC Porto] Acrónimo em inglês de Market Orientation; designa um instrumento para medir o grau de orientação para o mercado de uma organização; criado por Kohli, Jaworski e Kumar em 1993.

MBI [NET BIC Porto] Aquisição de uma empresa por parte da equipa directiva externa a ela. Normalmente é uma compra garantida pelos próprios activos da empresa adquirida.

MBO [NET BIC Porto] Aquisição de uma empresa por parte da equipa directiva da própria empresa. Normalmente é garantida pelos próprios activos da empresa adquirida.

Medidas de Acompanhamento [NET BIC Porto] Acções indirectas que apoiam a execução de programas específicos ou a preparação de futuras actividades nos mesmos.

Melhoria Contínua [NET BIC Porto] Processo que aplica novas actividades e que prescinde daquelas que impliquem pouco ou nenhum valor acrescentado com o objectivo de aumentar a eficiência da organização.

Método Delphi [NET BIC Porto] Método que estrutura o processo de comunicação em grupo mediante um programa de rondas de perguntas formuladas através de questionários individuais, cujas respostas alimentam a ronda seguinte de perguntas. Caracteriza-se pelo anonimato, a interacção e a alimentação controlada, utiliza-se no processo de predição da procura e de caracterização dos mercados.

Método KJ [NET BIC Porto] Método de categorização que consiste em analisar um grande conjunto de ideias e informação, provenientes de fontes diversas, e agrupá-los em ideias básicas por critérios de afinidade ou relação natural. Este método utiliza-se em grupo para organizar uma quantidade grande de dados. Sinônimo: Diagrama de Afinidade, Método de Kawuakita Jiro.

Métricas de inovação [ANPEI] Medidas para verificação do alcance de metas e objetivos dos processos de inovação organizacional. Essas medidas da eficácia do processo de inovação podem se referir a lançamento de novos produtos, faturamento sobre novos produtos, melhoria da qualidade, criação de novos mercados, extensão da linha de produtos, redução de custos operacionais, melhoria de processos produtivos, redução do uso de materiais, redução de impacto ambiental, substituição de produtos e serviços, redução do consumo energético, entre outros. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Mobilidade [NET BIC Porto] No contexto da Inovação, é a transferência temporária de trabalhadores qualificados entre regiões, áreas de conhecimento, empresas e centros de investigação, etc.

Modelo de Kano [NET BIC Porto] Teoria sobre a satisfação do consumidor, que resume num gráfico a relação existente entre o grau de satisfação do cliente e a qualidade do produto ou serviço da empresa, que pode ser “qualidade básica”, “qualidade esperada” e “qualidade latente ou excitante”. As expectativas dos consumidores variam com o tempo, a qualidade esperada passa a básica, e a excitante passa a esperada.

Modelo de utilidade [ANPEI] Modalidade de patente que se destina a proteger inovações com menor carga inventiva, normalmente resultantes da atividade do operário ou artífice. É mais flexível, menos oneroso e o período de proteção é menor do que o de uma patente. No Brasil, pela legislação de propriedade intelectual vigente, o modelo de utilidade só se aplica a inovações em elementos físicos, tais como utensílios, pequenos equipamentos,g etc., vedada a proteção a processos nesse caso. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.

Modelo de Utilidade [NET BIC Porto] Título concedido pelo estado para proteger uma invenção pequena, garantindo ao proprietário direitos exclusivos para a sua exploração durante um determinado tempo, em Portugal a duração do modelo de utilidade não pode exceder 10 anos a contar da data da apresentação do respectivo pedido. A duração da patente é de 20 anos, contados a partir da data do pedido. No Reino Unido não existe este título, contudo a União Europeia, esta a tentar harmonizar e homogeneizar este tipo de protecção.

Modelo EFQM de excelência [NET BIC Porto] Modelo Europeu de Gestão da Qualidade criado em 1988, que tem como objectivo ajudar as organizações a conhecer-se melhor a elas próprias, a melhorar o seu funcionamento e orientar a organização para o cliente. É um modelo não normativo, de aplicação contínua, cuja base fundamental é a auto-avaliação do sistema de gestão, actividades e resultados da organização.

Modelo Industrial [NET BIC Porto] Título que concede o direito exclusivo de utilização sobre a nova forma ou original dada a um produto ou artigo tridimensional. Neste caso a criatividade protegida recai sobre o aspecto estético do produto. Em Portugal o registo é válido por 5 anos, a contar da data do pedido, podendo ser renovado por períodos iguais, até ao limite de 25 anos. Nota: No Reino Unido existe a figura “Desenho Industrial” que engloba o modelo e desenho industrial.

Modelo Linear da Inovação [NET BIC Porto] Modo de descrição do processo de inovação como a simples transferência de tecnologia desde as Universidades, laboratórios e centros de Investigação até a Industria.

Modelo linear de inovação [ANPEI] Visão simplificada do processo de inovação, baseado na transferência simples de tecnologias específicas de fontes de pesquisa para a indústria. Fonte: Dicionário Tecnologia e Inovação Sebrae – CE.



Referências




Nenhum comentário:

Postar um comentário