2016/09/09

«Estudos internacionais sobre inovação no setor público: como a teoria da inovação em serviços pode contribuir?»



Dagomar Henriques Lima. 1º Simpósio Brasileiro de Ciência de Serviços. REDLAS (Red Latinoamericana y del Caribe para la Investigación en Servicios / The Latin American Network for Research on Services).




«Conclusões

»Uma vez revisados artigos sobre inovação no setor público, publicados em periódicos internacionais Qualis A1 no período de 2006 a 2010, realizou-se confronto das formulações adotadas na amostra com a literatura sobre inovações em serviços que adota a abordagem integradora.

»Ressalvando que o conjunto de artigos revisados é pequeno [7] e a base de informação restrita para permitir afirmações fortes, a revisão possibilitou caracterizar a produção internacional ao inventariar seus objetivos, métodos, enfoques teóricos e resultados. Permitiu também identificar temas e formulações da literatura de inovação em serviços que podem contribuir para tornar a análise sobre inovação no setor público mais rica e mais completa, reconhecendo as especificidades dos serviços.

»A análise dos artigos revela que não há relação clara entre o gênero da pesquisa e as demais categorias de análise. Predominam artigos que tratam de inovação processual ou de melhoria, nos quais as TIC têm papel de relevo.

»Evidenciou-se também que há oportunidades de pesquisa na investigação de processos de inovação organizacional (Schumpeter, 1982 [Teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo: Abril Cultural (Coleção Os Economistas)]), incremental, por recombinação, por formalização e ad hoc (Gallouj, 2002 [Innovation in the Service Economy: the new wealth of nations. Cheltenham,UK: Edward Elgar Publishing Limited]).

»A amostra de artigos revisados é relativamente pequena e mostrou apresentar interação restrita com a literatura sobre inovação em serviços. De um lado, há artigos que adotam perspectiva teórica da Administração Pública e de outro os que adotam a perspectiva do Estado Competidor. Para entender a inovação nos serviços públicos, é necessário explorar novas perspectivas e examinar o fenômeno de outros ângulos, agregando as contribuições dos estudos que abordam o nível micro de análise e que assumem a perspectiva da teoria da inovação em serviços, de forma a abarcar a complexidade e a diversidade do setor público.

»Na linha dos artigos que tratam de estudos de caso, a representação do produto em termos de vetores de características sugere tipologia de inovação que pode tornar a identificação e medição das inovações no serviço público mais coerentes com as especificidades dos serviços. Abordagens adotadas na literatura de inovação em serviços oferecem base teórica para os estudos que pretendem examinar os efeitos da inovação nos serviços públicos, conciliando a avaliação da eficiência com a avaliação de dimensões cívicas e sociais, que são intrínsecas à atividade dos serviços públicos. Por fim, a ANT permite trabalhar melhor a tensão e as limitações de análises macro e micro, oferecendo oportunidades de abranger, com maior detalhe, o nível organizacional na investigação dos processos de inovação no serviço público.»





Tipologias de inovação
Leituras temáticas

Nenhum comentário:

Postar um comentário