2016/09/01

«“Matriz” e “Filial”. Uma Análise Comparada das Principais Tipologias de Inovação que Impactaram essas Governanças»



Fábio Lúcio Prado e Antonio Vico Mañas. Journal on Innovation and Sustainability. RISUS, vol. 1, n.º 2, 2010. Vejam-se as referências na publicação original deste artigo.



«A figura 6 apresenta resumidamente, o corpo teórico – metodológico e a técnica de experimentação para aquisição do produto que é a informação necessária para se analisar as principais semelhanças e diferenças entre os tipos de inovação e seus respectivos graus em termos de Telefonica Espanha, “Matriz” e Telefonica – Telesp São Paulo, “Filial”.




»Análise dos Resultados

»Tidd (1994) e Kodama (1992) mencionam o caso da “fusão tecnológica” em que diferentes correntes tecnológicas convergem, de forma que produtos que costumavam ter uma identidade discreta passam a integrar novas arquiteturas. Nessa perspectiva, um exemplo que Tidd, Bessant e Pavitt (2008) é o setor de automação doméstica, no qual a fusão de tecnologias – tais como telecomunicações, computação, controle industrial e robótica elementar está criando uma nova geração de sistemas de uso doméstico que possibilitam comunicação, controle ambiental (climatização, iluminação, entre outros) e entretenimento totalmente integrados (Tidd, 1994; Kodama, 1992). Mas por que esse exemplo teórico-empírico da literatura? Simplesmente porque a citação apresentada tem total sinergia com um projeto de incubação de uma empresa que a Telefonica Espanha articulou em 2007 para o atendimento e transformação das casas domésticas em casas “digitais”.

»[…]

»Apenas, instam alguns detalhes sobre o formato dos eventos:

»1ª Conferência de Inovação da Telefonica – Telesp São Paulo (2006); o mediador foi o Professor Afonso Cozzi, representante da instituição de ensino Fundação Dom Cabral e Coordenador do Núcleo de Empreendorismo. A Conferência teve um formato de plenária em que os projetos de inovação apresentados pelos profissionais das várias vice presidências já haviam sido escolhidos por um comitê avaliador. Ou seja, todos os projetos apresentados foram denominados pelo comitê como os mais representativos. As informações coletadas preenchem um enquadramento segundo o nome do projeto, a descrição e consistências e os impactos em termos de resultados. Esse enquadramento foi possível pela transcrição do vídeo bem como a presença in loco do pesquisador no evento.

»2ª Jornada de la Inovación (2007) da Telefonica Espanha. A Jornada foi realizada em San José, Espanha. O vídeo tem um formato de entrevista sob o qual o sponsor do projeto, todos executivos de alto escalão, apresentam os movimentos inovativos articulados pelas respectivas hierarquias enquanto governança.


»As análises mostram que, na “Filial” em termos de negócios, foram articuladas mais inovações sustentadoras (Christensen, 1997; Christensen e Raynor, 2003). Os tipos de inovação mais circunscritos foram de processo com intensidade radical. A dimensão do entorno de inovação qualifica, em grande parte, 80% dos casos apresentados, para o que é novo para empresa em nível de sistemas. Em termos de componentes e arquiteturas, as inovações mais presentes foram as do tipo incremental seguido da modular. A do tipo arquitetônica teve uma presença modesta (Tidd, Bessante e Pavitt, 2008).

»Já com relação à “Matriz”, em termos de negócios, foram articuladas exclusivamente inovações disruptivas de novo mercado (Christensen, 1997; Christensen e Raynor, 2003). Os tipos de inovação mais evidentes foram o paradigma radical. A dimensão do entorno de inovação qualifica entre novo para o mundo bem como para a empresa no âmbito de sistemas. Por fim, em termos de componentes e arquiteturas, as inovações oscilaram entre descontínua e arquitetônica (Tidd, Bessante e Pavitt, 2008).



»Considerações Finais

»A análise aqui desenvolvida neste estudo de caso demonstrou que as inovações articuladas na “Matriz” e na “Filial” não são equitativas, ou seja, enquanto a “Matriz” decola em movimentos paradigmáticos com alto grau de radicalidade em busca de novos mercados, a “Filial” articula principalmente as inovações de processo sob perspectivas incrementais (Tidd, Bessante e Pavitt, 2008; Christensen, 1997 ; 2003).

»Verificou-se que os movimentos de negociações disruptivos têm grande aproximação em estruturas organizacionais centralizadas; sob posse da “Matriz”; já a “Filial” assistese a sinergia com o esquema da sustentação, em que paulatinamente se exercita saltos inovativos para, no limite, ascender em receitas ou dirimir os gastos. Esta citação não tem e não deve ter um caracter generalista. Essa lógica da generalização, principalmente nesse momento, incorreria em mal direcionamento. Primeiro porque os estudos de caso não devem ser utilizados para avaliar a incidência dos fenômenos. Em segundo, um estudo de caso teria que tratar tanto do fenômeno de interesse quanto de seu contexto, produzindo um grande número de variáveis potencialmente relevantes. Enfim, esse aspecto acabaria por produzir um grande número de variáveis potencialmente relevantes exigindo sucessivos estudos de caso (Yin, 2001, p.71).

»O que o estudo de caso e num nível micro a observação comparativa dos vídeos não permitiu capturar é a quantidade de inovações que cada personagem, “Matriz” e “Filial” produziram num determinado locus de tempo em conjunto com seus respectivos impactos em desempenho.

»Esse panorama enquanto informação adicionada à perspectiva já trabalhada quanto ao tipo de inovação e o respectivo grau de novidade seriam suficientes para testar a contribuição ou o verdadeiro impacto em quantidade, por exemplo, financeira das inovações incremental ou radical na desempenho da empresa, no longo prazo (Ettlie, 1999; Hollander, 1965; Figueiredo, 2002).

»No momento, ainda não é possível mencionar quem inova mais: se é a “Matriz”, se é a “Filial” por diversas razões já apresentadas. Mas o comportamento assistido se replica para outras empresas do segmento de Telecomunicações? São de uma natureza comum o tipo e grau de inovação da "Matriz" em relação à "Filial"? Quais contextos poderiam ter comportamentos antagônicos, ou seja, a "Filial" prevalece a "Matriz" excluindo o vetor investimento?»





Tipologias de inovação
Leituras temáticas

Nenhum comentário:

Postar um comentário